Artigos
Publicada em 20/10/2016 - 23h06min

Andréia Gonçalves

Sabedoria estética

Já falei muito por aqui o quanto aprendemos com a cultura popular dentro de um vagão lotado. Todo mundo opina sobre tudo e todos, pouco se importando se quem está ao seu lado é conhecido ou não. O importante é divagar a sabedoria de determinado assunto durante o trajeto.
Quem está de fora ouvindo, como muitas vezes me encontro, fica ligado para ver se algo de útil pode aprender, afinal de contas, um chazinho aqui, um creminho ali, pode ser bem interessante.
Uma das mais recentes sugestões que ouvi foi uma amiga contando para outra que tentou fazer em casa, mas não deu muito certo, foi a seguinte: ela leu na Internet que usar leite no cabelo era ótimo para hidratação e tentou fazer em casa.
Não havia maiores detalhes na aplicação, então, não hesitou em pegar um leite de "marca" e jogar com tudo no cabelo. Ficou um tempo com ele e depois tirou o excesso.
Como ficou em dúvida se era para usar xampu, não o fez e simplesmente, saiu para um passeio (era um sábado). Depois de um tempo, percebeu um odor desagradável a rodear.
Estava entre amigas e uma delas começou a comentar que também estava sentindo um "azedume", mas não sabia de onde estava vindo.
Logo, ela se deu conta de que era a sua nova aplicação que estava coalhando. Saiu do lugar direto para sua residência e por onde passava o rastro ia junto.
Já naquele auge do desespero quando usamos algo que imaginávamos infalível, entrou no banho e usou tudo quanto foi creme, mas a inhaca não saía, só minimizou um pouco.
Acho que era a mesma sensação de quando levávamos ovada na escola, no aniversário. Aquele ovo podre com farinha não tinha nada que tirava o cheiro! Ficou assim por quase uma semana, amarrando lenço no cabelo, tentando disfarçar o futum de todas as maneiras.
E terminou a história, quase chegando na última estação, dizendo para amiga: "Olha, nunca mais invento de fazer as coisas sozinha que vejo na Internet porque meu cabelo quase virou coalhada"! Pois é, tenho que concordar com ela, eu também não!
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos