Artigos
Publicada em 28/10/2016 - 00h42min

Andréia Gonçalves

Ostentação

Tem dias que você está "daquele jeito": com muito sono, como se não dormisse há uma eternidade e aquela fome de leão pronta para atacar o primeiro que passar a sua frente.
Nessas horas, somado ao desespero físico de suas sensações, você pensa que deveria ser instituída uma lei para proibir as pessoas sentadas que não dormissem e se alimentassem durante as viagens nos trens.
Já é muito desesperador ter que vir em pé nessa condição tão sofrida, ainda mais com pessoas ostentando o poder momentâneo do deleite no trajeto.
Em uma ocasião, já cansada, voltando para casa depois de um dia estafante, consegui embarcar. Nessa altura, o estômago roncava mais do que trombeta da entrada do inferno.
Começo a sentir um cheiro vindo bem próximo e esse era bem agradável. Quando olho, três meninas sentadas perto da porta do trem, abrem uma espécie de marmitinha térmica e começam a bater um lindo e suculento miojão.
Nossa, sério, acho que até lacrimejei com aquela visão! Comeram tão rápido que nem deu tempo de chegar até a outra estação e o que restou foi só minha saliva abundante diante daquela cena.
O mesmo drama minha amiga passou nesta semana. Ela ama coxinha. Logo cedo, por volta das 7 da manhã, embarcamos no trem. Ela já reclamando do vazio existencial que a abraçava.
Paramos bem em frente a um casal: ela grávida e o marido ao lado. De repente, abrem uma sacolinha e saem de lá duas suculentas coxinhas, um pedaço de bolo e uma garrafinha com achocolatado.
Senhor! Enquanto minha amiga só faltou pular em cima dessa refeição master, a minha preocupação era imaginar se o trem iria chacoalhar muito e fazer com que tudo isso voltasse desses dois glutões de uma maneira bem desagradável.
Passado o desespero da fome, ainda tínhamos o sono, e logo ali, do nosso ladinho, começamos a ouvir o som do um ronco daqueles bem altos, chamando atenção até do maquinista lá na cabine.
Já que não há uma lei, o que me consola é que um dia é da caça, outro é do caçador. Aguardo minha vez!
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos