Esportes
Publicada em 25/02/2017 - 21h20min

Basquete

Reação de Shamell garante a vitória de Mogi em Salvador

Com o triunfo sob o time baiano Vitória, a equipe conquista a terceira colocação do NBB e parte para nova etapa

Foto: Jéssica Santana/Universo/Vitória

Com o resultado, Mogi segue sem nunca ter perdido pelo Vitória na história do NBB
A folia será completa para o Mogi das Cruzes/Helbor. Ontem, no clima do Carnaval, a equipe do técnico Guerrinha contou com a inspiração de Shamell, que no final virou no último quarto, vencendo um confronto direto com o Universo/Vitória, em pleno Ginásio de Cajazeiras, em Salvador, na Bahia, pelo placar de 63 a 60. A vitória deu a terceira colocação do NBB, uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB) em parceria com a NBA.
A exemplo do que aconteceu contra o Solar Cearense, em que chegou a estar perdendo por 21 pontos, o Mogi mostrou mais uma vez um poder de reação. Nesta partida, o Vitória chegou a estar vencendo por 17 pontos (48 a 31), mas os mogianos reagiram no último quarto, viraram no minuto final e conquistaram um expressivo triunfo em solo nordestino.
Contra o Solar Cearense, Shamell foi o grande motivador da reação mogiana e fez 33 pontos. Agora, contra o Vitória, ele apareceu de novo. Com menos de dois minutos para o fim, o camisa 24 fez oito pontos, vindos de uma incrível bola de 3, uma falta e cesta com lance livre convertido e mais dois tiros livres certeiros na sequência, o que deixou a vantagem do Mogi em quatro pontos (62 a 58). "Foi um jogo difícil. Muito calor, Carnaval. Mas o importante foi a vitória. Era um jogo importante para as duas equipes, mas nos firmamos no G-4. Foi uma partida bastante truncada, mas, no final, ficou boa com a nossa reação. Não estamos acostumados a jogar nesse horário, nesse calor. Ganhamos e agora vamos curtir", declarou Shamell, cestinha da partida, com 21 pontos.
O resultado deixou o time mogiano na terceira colocação, com campanha de 15 vitórias em 22 jogos (68,1% de aproveitamento). Já o Vitória não só perdeu o terceiro lugar como ainda saiu do G-4. Com isso, os baianos foram ultrapassados pelo Gocil/Bauru e agora ocupam o quinto lugar, com 14 triunfos em 21 partidas (66,6% de aproveitamento). Tyrone, Jimmy e Larry Taylor foram outras peças fundamentais. O norte-americano registrou um duplo-duplo de dez pontos e 11 rebotes, enquanto que o ala também anotou dez pontos e foi o responsável por anular o astro Kenny Dawkins durante boa parte do confronto. Já Larry Taylor deixou a quara com nove pontos.
Invencibilidade mantida
Com o resultado, o Mogi segue sem nunca ter perdido para o Vitória na história do NBB. Agora são sete partidas e sete triunfos mogianos, com direito a uma "varrida" nas oitavas de final da temporada passada, por 3 a 0. Em meio a um jogo truncado, o Vitória não apresentou bom desempenho ofensivo. Com 12 pontos, Arthur foi o maior anotador do time. Muito marcado, Kenny Dawkins fez nove pontos. Chris Hayes também fez nove pontos e pegou sete rebotes. Já o jovem Murilo acertou duas bolas de 3 pontos e deixou a quadra com oito pontos.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos