Cidades
Publicada em 18/03/2017 - 18h11min

Regularização

Moradores do Núcleo Belvedere recebem escritura dos imóveis

Essa é a primeira atividade da administração municipal relacionada à legalização de áreas irregulares na cidade

Foto:

Ao lado de secretários e vereadores, Gian Lopes participou da cerimônia ontem
A Prefeitura de Poá iniciou a entrega das escrituras da primeira fase do processo de regularização fundiária do Núcleo Belvedere. A atividade contou com a participação do prefeito Gian Lopes (PR), do vice-prefeito Marcos Ribeiro da Costa (PDT), o Marquinhos Indaiá, de secretários municipais e de vereadores. Essa é a primeira atividade da administração municipal relacionada à legalização de áreas irregulares no município, porém, segundo o chefe do Executivo, o objetivo é agilizar o andamento dos processos.
"É uma grande alegria estar aqui hoje. Nesta semana conversei com um senhor e ele me disse que não sabia por quanto tempo viveria, mas tinha o desejo de deixar a situação do seu imóvel regularizada e assim uma herança para seus filhos. E posso afirmar neste ato que certamente este senhor não vai deixar um problema para seus herdeiros e sim um imóvel legalizado, com escritura", comentou o prefeito. "Todo mundo que tem um patrimônio precisa da regularização do mesmo. E esse é um compromisso que esta gestão assumiu. Estamos começando pelo Núcleo Belvedere, mas futuramente outros locais da cidade também serão atendidos", completou.
Segundo o vice-prefeito Marquinhos Indaiá, a Secretaria de Habitação de Interesse Social, desde que a nova gestão assumiu, está buscando alternativas para agir com mais eficácia nas questões relativas à irregularidade na habitação. "Quando realizamos a regularização, possibilitamos ao munícipe a oportunidade dele praticar atos legais relativo ao seu imóvel e isso um ganho imenso para ele", explicou o vice-prefeito.
De acordo com o secretário-adjunto de Habitação de Interesse Social, Dorval Torres, o trabalho realizado no Núcleo Belvedere foi muito importante e na segunda fase todos os proprietários da área contarão com a regularização fundiária. "A regularização de áreas da cidade é uma política pública defendida pela administração Gian Lopes, já que é uma forma de assegurar o direito à cidade e a plenitude da cidadania dos moradores", explicou.
A atividade contou com a participação do presidente da Câmara Welson Lopes (PR), Saulo Souza (SD), entre outros parlamentares.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos