Cidades
Publicada em 18/03/2017 - 18h43min

Fernanda Fernandes
Saúde

Estado planeja helicóptero no Hospital Luzia de Pinho Melo

Anúncio foi feito pelo secretário estadual Davi Uip durante a abertura do mega-mutirão de exames e cirurgias

Foto: Erick Paiatto

Marcus Melo, Davi Uip, Gondim, secretários e vereadores acompanharam ontem o mega-mutirão no AME
Mogi das Cruzes poderá ganhar uma base para pousos e decolagens de helicópteros destinados a resgates de vítimas, remoção de pacientes e transporte de órgãos para transplantes. O projeto prevê agilizar os atendimentos que necessitam de auxílio urgente. O heliponto, se realmente for concretizado, será instalado no Hospital Luzia de Pinho Melo. O projeto se encontra na fase de estudos técnicos.
A informação foi confirmada pelo secretário de Estado da Saúde, Davi Uip, durante a abertura do mega-mutirão de exames realizado, na manhã de ontem, no Ambulatório Médico de Especialidades (AME). Na ocasião, estavam presentes o prefeito Marcus Melo (PSDB) e o secretário municipal de Saúde, Marcello Cusatis. A visita do chefe da pasta estadual também atraiu a presença de vereadores e do deputado Luiz Carlos Gondim (SD).
Atualmente, o Estado conta com dois helicópteros que realizam resgate, remoção e transporte de pacientes, além de traslado de órgãos para transplantes. "Estamos concluindo os aspectos técnicos. Heliponto é algo curioso, porque não é tão simples, especialmente um que prevê uma base", explicou. "Queremos ter um helicóptero aqui na cidade, porque Mogi é cercada por grandes estradas, então é fundamental que tenhamos um atendimento adequado e rápido", avaliou Uip.
O secretário informou que, no sistema nacional, apenas o Estado de São Paulo oferece atendimento aéreo, por meio do Grupo de Resgate em Atendimento de Urgência (Grau), que pertence ao Corpo de Bombeiros da Polícia Militar.
"Temos as aeronaves da Secretaria de Estado da Saúde, ligados à frota da PM. Todas atendem, mas temos dois helicópteros para transplantes e atendimentos mais específicos e pretendemos ter uma base aqui em Mogi", reforçou.
Oncologia
Na ocasião, Uip também reiterou que a inauguração do Centro Oncológico da cidade está prevista para maio, como já havia sido anunciado pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB). Atualmente, o espaço encontra-se em fase de instalação dos aparelhos e já recebeu R$ 20,6 milhões de investimentos.
Mutirão
A região recebeu, ontem, o mega-mutirão de saúde, que antecipou milhares de exames e pequenas cirurgias. "Temos um hospital municipal que é administrado por meio de uma parceria entre município, Estado e governo federal. E o mega-mutirão é para antecipar e agilizar os serviços, exames e cirurgias dentro do município", disse o prefeito Marcus Melo.
"Estão acontecendo dez cirurgias de hérnia no Luzia. Hoje (ontem), também serão feitos 15 exames de endoscopia e colonoscopia", destacou o secretário municipal.
Cusatis também antecipou que nesta semana a pasta fará divulgação de uma novidade. "Temos programado um grande mutirão de oftalmologia, que vamos informar nos próximos dias. O prefeito vai assinar na segunda-feira e, em seguida, vamos anunciar", adiantou ele.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos