Capa | Matéria
Publicada em 18/03/2017 - 18h13min

Vitória Fiel *

Senta que lá vêm histórias

Amanhã, 20 de março, celebra-se o Dia do Contador de Histórias. Como é gostoso ouvir uma narrativa divertida, com direito a aventuras, emoções e descobertas! E ela fica ainda melhor quando é contada por alguém que a interpreta tão bem que parece que tudo pode se tornar realidade, não é verdade?
Quem tem esse dom de contar histórias afirma que é bom demais compartilhar com as crianças algo que ajuda não apenas na construção de um enredo, mas também na formação de estímulos em relação à leitura e ao imaginário infantil.
O dom de encantar com as palavras
A contadora de histórias e coordenadora pedagógica da Secretaria de Educação de Biritiba Mirim, Silvana Aparecida Camargo de Oliveira, sabe muito bem como deixar uma história mais atraente e descontraída para o público infantil.
"Eu gosto muito de contar histórias. Há alguns anos fiz um curso, pois sempre achei a atividade interessante, e trabalhar com o imaginário das crianças em sala de aula é fascinante. Os pequenos acabam se envolvendo mais com o personagem e com a mensagem a ser transmitida", comenta Silvana.
Para a educadora, é preciso ir muito além do narrar uma história, é necessário incorporar o personagem do livro. "Sempre uso vestimentas e expressões variadas durante a atividade para me tornar uma pessoa diferente da profissional que sou no dia a dia. Tenho um baú onde guardo livros e também vários objetos que me fazem lembrar dos personagens, como lenços, perucas e outros acessórios", relevou. "Até os adultos acabam gostando. Eu nem sabia que um dia pudesse fazer isso", completa a contadora.
Educar por meio da
imaginação
De acordo com Silvana, que trabalha há 28 anos na Educação Infantil, essa atividade é a melhor maneira de tornar uma história lúdica. "A gente tem todo um preparo antes de inicia-la. É preciso escolher os livros e autores detalhadamente e faço isso com o maior prazer. Quando você pausa para ouvir e ver uma história, você acaba se envolvendo e prestando mais atenção. Futuramente, esse mesmo enredo pode ajudar a criança a desenvolver uma atividade e até realizar uma prova, pois ela já irá saber, por exemplo, como iniciar uma história e desenvolve-la", finaliza Silvana.
Será que você é um bom contador de histórias? Que tal aproveitar as dicas da Silvana e realizar para os amigos ou familiares essa atividade? Explore a imaginação!
  • Cada história traz uma aventura; e cada personagem um novo aprendizado
  • Atividade instiga a imaginação e a criatividade
  • Todo contador tem seus acessórios especiais
  • "Trabalhar com o imaginário infantil é fascinante, os pequenos se envolvem com os personagens e a mensagem a ser transmitida", Silvana Camargo
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos