POP TV
Publicada em 27/05/2017 - 20h37min

TV Press
Bastidores

Reino distante

Juliana Knust se empolga com ar medieval de "Belaventura", que vai estrear na Record

Foto: Sérgio Baia/Divulgação

Na história escrita por Gustavo Reiz, a rainha Vitoriana, vivida por Juliana Knust, é uma mulher corajosa e de personalidade forte
Tramas de época costumam cair nas graças de muitos atores. Com Juliana Knust, não é diferente. Assim que surgiu a oportunidade para interpretar a rainha Vitoriana em "Belaventura", próxima novela da Record, ela se animou. Afinal, poder mergulhar em um universo completamente diferente do seu - no caso, o medieval - é algo que a instiga como intérprete. "Vestir aquelas roupas, entrar naqueles cenários... Realmente é como se fôssemos transportados. É uma viagem no tempo e isso me fascina", conta.
Na história escrita por Gustavo Reiz, Vitoriana é uma mulher de personalidade forte, corajosa, amável e dedicada à família. É casada com o rei Otoniel, interpretado por Kadu Moliterno. Em determinado momento, ela é assassinada, mas ninguém sabe quem foi o responsável pelo crime. Mas a personagem continua aparecendo em cenas de "flashbacks", o que muda um pouco a dinâmica de trabalho da atriz. "Na realidade, vou descobrindo aos poucos quem é essa mulher. Sei na essência quem ela é. Mas as atitudes contam demais na construção de uma personagem", explica.
Para entender o contexto da trama, Juliana fez algumas aulas de costumes da época. Além disso, o figurino suntuoso a ajuda a conhecer ainda melhor sua personagem e a forma como deve se portar em cena. "Muda tudo quando você coloca o figurino, faz o cabelo da personagem... A postura muda, o corpo passa a ser dela, o andar, o jeito. É fundamental estar caracterizada para dar vida à personagem", avalia a atriz, que começou a gravar logo depois de ter sido contratada pela Record, em janeiro. "Ainda não sei até quando iremos gravar", avisa.
Pela primeira vez na carreira, Juliana trabalha em um esquema diferente em se tratando de novelas. É que "Belaventura" deve estrear com uma boa frente de capítulos gravados e com a maior parte deles inteiramente escrita. O que impossibilita a atriz de fazer ajustes em sua interpretação de acordo com a repercussão. "Sempre me ajudou muito assistir às minhas cenas, sou muito autocrítica, gostava de assistir para perceber o que estava funcionando e o que não estava. Tinha tempo de seguir por outros caminhos. Agora, vou seguindo a minha intuição e conto com a ajuda de um grande diretor, o Ivan Zettel", ressalta.
Carreira
Depois de 20 anos na Globo, onde participou de tramas como "Malhação", "Celebridade" e "Fina Estampa", entre outras, Juliana decidiu "respirar novos ares". Por isso, assinou contrato com a Record já sabendo que estaria em "Belaventura". "Tudo o que sei sobre televisão aprendi na Globo. Por isso, a minha eterna gratidão. Mas vivemos novos tempos, que me trouxeram essa liberdade de ter novas experiências em novos lugares", diz. ("Belaventura", Record. Estreia prevista para julho).
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos