Esportes
Publicada em 14/07/2017 - 22h43min

São Paulo

Dorival admite ter muita dificuldade na escalação

Foto: Divulgação/SPFC

Treinador tem pouco tempo para reconstruir o time
O técnico Dorival Junior admite que terá pouco tempo de treinamento para reconstruir o São Paulo. O empate diante do lanterna Atlético Goianiense, por 2 a 2, na noite da última quinta-feira, no Morumbi, ampliou para oito a sequência de jogos sem vitórias da equipe e deixou evidentes duas necessidades: a definição de um time titular e a luta contra a zona de rebaixamento. O próximo jogo será amanhã, diante da Chapecoense, fora de casa, e em seguida a equipe receberá o Vasco, na quarta-feira.
"Tenho consciência de que pegaria uma equipe que teria uma sequência de jogos. Isso dificulta um pouco mais. Mas você não pode creditar a falta de resultados ao pouco tempo de treinamento. Tenho dois dias para recuperar os atletas para o próximo jogo. Precisamos tentar melhorar o que já deu resultado no jogo de hoje. Vamos tentar aproveitar o tempo", afirmou o treinador em entrevista coletiva após o empate com o Atlético-GO
Uma das razões para a contratação de Dorival, que chegou para substituir o demitido Rogério Ceni, foi a sua experiência profissional, especialmente para lidar com equipes na zona da degola. Nos últimos anos, ele salvou Santos e Palmeiras. O treinador reconhece que, no caso santista, a equipe já estava montada.
"Temos jogadores que chegaram há 15, 20 ou 30 dias. É um momento de adaptação para alguns até no País. É um trabalho diferente do que fiz no Santos, onde encontrei jogadores que se conheciam muito bem. Agora, está em montagem em um campeonato difícil como no Brasileiro. Queremos minimizar os problemas", disse o comandante. (AE)
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos