Cidades
Publicada em 12/09/2017 - 22h39min

Segurança

Região reforça pedido para mais policiais civis

Foto: Divulgação/Condemat

Condemat reforçou pedido junto ao governo do Estado
A direção do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) reforçou o pedido junto ao governo do Estado para que a região receba mais policiais civis a fim de reduzir o déficit existente hoje na maioria das cidades. Ontem, o prefeito de Guararema, Adriano de Toledo Leite (PR), presidente do Condemat, e o deputado estadual André do Prado (PR), coordenador da Frente Parlamentar de Apoio aos Municípios do Alto Tietê, estiveram reunidos com o delegado geral de Polícia Civil, Youssef Abou Chahin, na capital, para solicitar que a região seja contemplada o quanto antes com reforço nas equipes que atuam nas delegacias e outros departamentos.
"Expomos ao delegado, mais uma vez, a necessidade de aumento do efetivo em vista dos desfalques. Há novos policiais em formação e é fundamental que as cidades do Alto Tietê recebam reforços para combater a criminalidade, inclusive em conjunto com outras ferramentas que as prefeituras disponibilizam", ressaltou o presidente do Condemat.
Durante a audiência, o delegado geral se mostrou sensível às necessidades apresentadas e se comprometeu a analisar a demanda, visto que há novas turmas sendo formadas na Acadepol (Academia de Polícia). A solicitação do consórcio é para reforço em todos os cargos da Polícia, em especial, para escrivães, investigadores e delegados, que atuam diretamente nos plantões policiais.
"Apresentamos ao delegado geral, dr. Youssef, a necessidade do envio de mais delegados, investigadores e escrivães para as delegacias do Alto Tietê. É uma necessidade permanente e um reforço fundamental para que a Polícia Civil possa ampliar seu trabalho de investigação em nossa região. Vamos acompanhar este pedido junto ao governo do Estado para que ele seja contemplado", ressaltou o deputado.
As últimas estatísticas criminais do Alto Tietê apontam crescimento em crimes, como roubos e roubos de veículos. A reunião de ontem foi acompanhada também pelo coordenador da Câmara Técnica de Segurança do Condemat, Edson Pinto de Moraes. "Esperamos, em breve, ter uma resposta positiva para a região", conclui.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos