Editorial
Publicada em 13/09/2017 - 21h32min

Leva tempo

A Polícia Federal desencadeia periodicamente diversas operações, a fim de exterminar, ou ao menos minimizar, a corrupção no Brasil. Mas, será que é possível acabar com um mau sistêmico como esse, onde muitas pessoas de poder saem beneficiadas? Sim, mas não provável.
Algumas questões que já se transformaram, infelizmente, em culturais, nos mostram que dificilmente nos livraremos da corrupção, o maior câncer deste País. Ela está em todo lugar, onde há ou não grande poder. Na esfera política, ela começa pelo corporativismo entre os parlamentares. Eles estão fazem favores aos colegas de trabalho, amigos ou inimigos, e esperam algo em troca.
O problema se agrava quando a sociedade se omite. As mobilizações de 2013 contra o aumento das passagens do transporte coletivo ameaçaram mostrar que o povo brasileiro estava avançando no exercício da política, porém, com o desenrolar da Operação Lava Jato, a população abriu mão da nação. A apatia foi tão grande com os desdobramentos na política nos últimos três anos, que o povo não tem nem força para protestar, pois parece que nos enfiaram em um buraco que nos levou ao limbo eterno.
Muito se elogia a Operação Lava Jato, mas será que ela nos trará um futuro melhor quando chegar ao fim? Por enquanto, suas consequências, além de prender diversos políticos corruptos, são três anos de recessão, instabilidade e retrocesso. Torcemos para que tudo isso seja um passo atrás necessário, para que o Brasil futuramente possa recomeçar sua caminhada sem tantas controvérsias, em um caminho mais limpo e igual. O que não podemos é vibrar com as prisões dos parlamentares e achar que tudo está melhorando apenas por isso. Nosso sistema é completamente corrompido e desmoralizado, ou seja, os próximos que tomarem o poder muito provavelmente continuarão a roubar nosso dinheiro, porque, antes dos políticos corruptos, já existe um sistema que funciona à base da corrupção. E isso só será solucionado ao longo do tempo, com muito planejamento. Infelizmente, a corrupção no País não pode ser lavada em uma velocidade a jato.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos