Editorial
Publicada em 20/09/2017 - 23h27min

'Sistema problema'

A Lava Jato vem trazendo resultados expressivos para o País no que diz respeito às prisões e condenações de políticos corruptos. Até agora são 27 presos e 116 condenados. Era tudo que o brasileiro queria ver! Mas, isso não é tudo que o povo precisa. Em um momento futuro, essa grande operação vai chegar ao fim e os corruptos serão soltos. E o sistema político será o mesmo, e estará lá, prontinho, esperando que os próximos eleitos assumam as cadeiras vazias e deem prosseguimento ao ato sistêmico da corrupção. Por isso, por enquanto é difícil precisar o bem que a Lava Jato trará ao nosso País, já que, tão importante quanto as prisões que são feitas há mais de três anos, é uma drástica mudança no sistema político e regalias dos parlamentares.
Nesses quase quatro anos de atuação, o bem que a Lava Jato nos trouxe foi o prazer de ver os políticos ladrões sendo presos, mas não nos ensinou nada e nem trouxe esperança de um Brasil melhor. Ela, sim, mostrou o que a maioria dos brasileiros já sabia - que nosso País é infestado pela corrupção e que a relação entre governantes e empresários é criminosa, e que para uma companhia conseguir ser grande é preciso "pagar pedágio" ao governo. Mas, que o Brasil é um País corrupto, todos já sabemos. A Operação Lava Jato deve continuar prendendo os culpados, mas não vamos nos enganar e achar que o País está avançando por conta disso.
Paralelamente à Lava Jato, precisamos de ações aprovadas que modifiquem o sistema político nacional e não esquecer que mais urgente do que ver os parlamentares condenados na cadeia, é melhorar a vida do brasileiro, com mais emprego, educação, saúde, segurança e lazer. A Lava Jato está alertando os futuros políticos de que eles poderão acabar presos se não modificarem o modo de governança, mas não enche a barriga de ninguém. Continuamos sofrendo com a violência, instabilidade, falta de emprego etc. Então, que os corruptos continuem a pagar pelos crimes que cometeram, mas fiquemos alertas: o Brasil ainda não dá sinais de melhora.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos