POP TV
Publicada em 09/09/2017 - 19h10min

Estadão Conteúdo
Homenagem

'cassino' no ar

Especial, exibido pela Globo, homenageou o centenário de nascimento de Chacrinha

Foto: Felipe Monteiro/Gshow/Divulgação

Stepan Nercessian é Chacrinha no especial, revivendo o sucesso conquistado com o musical em homenagem ao apresentador
No próximo dia 30, comemora-se o centenário de nascimento do pernambucano Abelardo Barbosa, o velho guerreiro Chacrinha. Abelardo começou sua trajetória no rádio, mas encontrou o ápice da sua carreira como Chacrinha na TV - e no anárquico "Cassino do Chacrinha", exibido nas tardes de sábado da Globo, entre 1982 e 1988, ano em que ele morreu.
Rodeado por chacretes, o comunicador colecionou uma série de bordões como "Eu vim para confundir, não para explicar!", jogava bacalhau na plateia, e dava buzinada nos calouros que desafinavam. Um delicioso caos acompanhado por um público de adultos e crianças. Recriando aquele cenário, o especial "Chacrinha, o Eterno Guerreiro", uma parceria entre a Globo e o canal Viva, foi exibido na emissora aberta na última quarta-feira.
A escolha de seu intérprete no especial, Stepan Nercessian, foi fácil. O ator já tinha ganho notoriedade como o próprio Chacrinha no musical de sucesso sobre o velho guerreiro. "Stepan encarna o Chacrinha. É muito impressionante: além do visual, a voz, o jeito, é muito incrível de ver", observa a diretora-geral Daniela Gleiser.
Stepan conta que, desde que entrou no musical, sua interpretação de Chacrinha foi sendo aprimorada, para se afastar do caricato e ser mais fiel à essência desse personagem tão marcante na TV. "Não sou bom imitador. Fui fazendo, estudando. Aí elementos foram chegando, peguei o temperamento dele, e a voz saiu, o arrastar do pé que ele fazia. Tanto o (autor do musical, Pedro) Bial quanto o Andrucha (Waddington, diretor) foram me deixando solto", diz Stepan, que também viverá Chacrinha no cinema.
Assim, o ator já chegou pronto para comandar o programa. Mas Stepan confessa: "O especial na TV foi incrível, o nervoso foi maior do que na estreia do teatro. No teatro, você está fazendo para uma câmera, que é a plateia. Quando fui para a TV, vi como ele controlava o auditório, câmera para cá, câmera para lá". Stepan conta que houve leitura, ensaio, mas a dinâmica do programa, gravado em maio, foi como se fosse de uma atração ao vivo, com direito a improvisos do ator.
Traços originais
Além da interpretação impecável de Stepan, o especial fez essa ponte com o programa original em outros aspectos. Sem esquecer, claro, das atrações musicais, mesclando artistas que se apresentaram no programa do Chacrinha naquela época e outros que estariam no "Cassino" se ainda estivesse no ar: de Roberto Carlos e Ney Matogrosso, passando por Fábio Jr., Luiz Caldas e Sidney Magal, até Ivete Sangalo e Marília Mendonça.
Destaque para o cenário fiel ao do "Cassino do Chacrinha", incluindo os tubos de metal, mas com o acréscimo de alguns elementos modernos.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos