Especiais
Publicada em 06/09/2017 - 10h54min

Sueller Costa
Cultura

Apresentações abrilhantam a cerimônia de premiação

Orquestra Sinfônica da Polícia Militar e alunos de Biritiba Mirim prepararam algo especial para o evento

A cerimônia de premiação do Concurso de Desenho e Redação do Dat - Formando o Cidadão do Futuro recebeu um brilho especial com as apresentações culturais que agregaram a programação. O evento contou com a participação da Orquestra Sinfônica da Polícia Militar de Mogi das Cruzes, que embalou a todos com o som de músicas clássicas, contemporâneas, além de melodias que fazem sucesso ao longo dos anos. Em seguida, quem levou alegria à plateia foi um grupo de dança de alunos de Biritiba Mirim, que representaram diferentes ritmos musicais, mostrando a versatilidade dos pequenos, que, também, contagiaram os convidados com seu talento e versatilidade no palco.
Quem abriu as atrações foi a Orquestra Sinfônica, que escolheu um repertório especial para o evento. Além de melodias clássicas, outras canções de sucesso ganharam um estilo diferenciado com os acordes dos requintados instrumentos do grupo. Na seleção, foram elencados desde a Música Popular Brasileira até o sertanejo, cujas letras foram entoadas pelos convidados, embalados não só pela musicalidade como também pelo carisma e simpatia dos músicos.
Para o subtenente Carlucci, foi uma honra participar da iniciativa do Grupo Mogi News de Comunicação. Ele elogiou o projeto e ressaltou a sua importância à região. "Para nós, é um prazer participar de uma ação como esta. Este projeto é valioso e de qualidade, pois une cultura à educação. Um programa que apoia as nossas crianças, e se preocupa com o ensino no Brasil. Para nós, este evento é inigualável, e foi emocionante participar com a banda da Polícia Militar", enfatizou.
Em seguida, o palco recebeu a turma do 5º ano da professora Michele Prado, da Emef Helena Ricci Barbosa. Todos os anos, as redes de ensino participantes preparam algo especial para ser compartilhado ao longo do evento. E, nesta edição, eles representaram a atração estudantil. As crianças apresentaram o espetáculo "Mix de Novelas", que envolveu diversos ritmos, dentre eles os latinos. Uma das melodias que fizeram sucesso foi o hit do momento "Despacito", de Luis Fonsi. Todos entraram no clima, e uns ousaram se levantar para dançar com os alunos. Para a educadora, foi um prazer estar presente na cerimônia, ainda mais com os seus estudantes. E, quanto à apresentação, ela ressalta que houve um primoroso trabalho para chegar à sua finalização. Além da dança, várias temáticas são abordadas. O espetáculo foi desencadeado por meio de uma atividade realizada com o apoio do jornal. "O tema de minhas apresentações sempre são de acordo com alguma prática em sala de aula. E, neste caso, em especial, com o jornal. Nós trabalhamos com as novelas, que são divulgadas na editoria Variedades. Estudamos roteiro, gêneros, temas e a produção textual, criando uma sob nossa autoria. Escolhemos o drama, para a história ficar interessante, e, por meio da produção, nos baseamos em acontecimentos registrados em novelas atuais para refletir sobre alguns valores morais. Antes da dança, houve uma discussão sobre essas temáticas, envolvendo a importância da família e dos amigos e de entender as diferentes fases da vida, dentre elas a adolescência. A junção de todos os assuntos debatidos resultou no mix", detalhou a educadora.
  • Orquestra de Mogi preparou um repertório especial
  • A turma do 5º ano da professora Michele Prado, da Emef Helena Ricci Barbosa, de Biritiba Mirim apresentou o espetáculo "Mix de Novelas"
  • A turma do 5º ano da professora Michele Prado, da Emef Helena Ricci Barbosa, de Biritiba Mirim, apresentou o espetáculo "Mix de Novelas"

"Música na Escola" integra os policiais ao universo estudantil

A Orquestra Sinfônica da Polícia Militar pertence ao Comando de Policiamento de Área Metropolitano 12 (CPAM 12), que tem sede em Mogi das Cruzes. O grupo musical faz sucesso por onde passa, em especial nas unidades de ensino, onde os estudantes têm a oportunidade de conhecer um trabalho diferenciado que os militares desenvolvem com o público estudantil.
Eles são responsáveis pelo projeto "Música na Escola". A iniciativa é incentivada pela coronel Monica Pulitti Dias Ferreira, a comandante do CPAM-12. Ela quem organiza as visitas e administra as apresentações, que devem ser agendadas previamente. A programação, aliás, é intensa, em 2016, o grupo se apresentou para 45 mil crianças. E, somente no primeiro semestre deste ano, já foram 35 mil expectadores mirins, o que indica que irá ultrapassar o recorde anterior.
A visita envolve as crianças, educadores e a comunidade escolar. Isso porque, além de uma seleção musical especial, os policiais militares apresentam os instrumentos, interagem com o público e compartilham o trabalho que desenvolvem por meio deste projeto. Regidos pelo maestro e primeiro sargento Miqueias, o grupo - que também se apresenta em solenidades oficiais, casas de repouso, asilos, entidades, dentre outros espaços e eventos - emociona a todos com o seu talento musical, a sensibilidade na escolha musical e o carisma com a plateia.
Segundo o policial militar, para cada apresentação há uma preparação, inclusive, com relação ao repertório. "Ele varia de acordo com a faixa etária e o ciclo de ensino. Trazemos músicas que eles conhecem para que possamos cantar juntos, e para que todos participem. Após as atrações, apresentamos os instrumentos e falamos um pouco sobre o projeto 'Música na Escola'", destaca.
Para os integrantes, que desenvolvem este trabalho paralelamente às suas atividades no comando e no policiamento regional, participar deste projeto é gratificante. O subtenente Carlucci diz que a sensaçao é diferente a cada apresentação. "São muitas as emoções a cada visita. Cada escola tem uma reação diferente, assim como o envolvimento, mas saímos satisfeitos, pois não há nada que pague ver o sorriso de uma criança que se mostra encantada com as nossas apresentações", finaliza.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos