Cidades
Publicada em 11/10/2017 - 23h29min

Risco de interdição

Tabacarias podem se regularizar até dia 28

Proprietários de tabacarias e de lounges de narguilé - equipamento usado para o consumo de tabaco aromatizado - de Suzano têm até o dia 28 para se regularizarem. Com a determinação da Prefeitura de Suzano, por meio da Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde, comércios que vendem ou alugam produtos inerentes ao narguilé correm o risco de ser interditados caso descumpram as normas sanitárias.
Desde o mês de agosto, a administração municipal vem promovendo encontros com os responsáveis de tabacarias para debater sobre o processo de regularização. Nas oportunidades, foi exposto que o mercado de narguilé expandiu-se de forma significativa nos últimos anos em Suzano. Agentes da Vigilância Sanitária também falaram da importância de se obedecer os aspectos jurídicos, trabalhistas e operacionais das lojas especializadas.
Os proprietários de tabacarias também precisam se adequar às normas do Ministério da Saúde, previstas nas leis estaduais que tratam sobre a infraestrutura e a segurança dos frequentadores. A administração também vem alertando quanto à proibição da entrada de menores de 18 anos e à regulação da comercialização de alimentos e de bebidas nos endereços.
"Estamos à disposição de todos para ajudar neste processo de regularização, que vai beneficiar não apenas os proprietários dos pontos, mas, também, os frequentadores e a comunidade como um todo", destacou o diretor da Vigilância Sanitária de Suzano, Mauro Vaz. Segundo ele, os procedimentos foram motivados por uma série de reclamações em virtude de problemas com tabacarias e lounges. 
A Vigilância Sanitária de Suzano também vem fornecendo materiais de estudo aos donos dos comércios de narguilé com as regulamentações e as portarias federais e estaduais. Mais informações pelo telefone 4745-2060, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos