Editorial
Publicada em 02/10/2017 - 22h16min

Prioridades

O mês de outubro tem duas datas comemorativas que simbolizam os dois extremos da vida, o Dia do Idoso, celebrado no último domingo, dia 1º, e no dia 12, o Dia das Crianças. A primeira tem como objetivo valorizar as pessoas idosas e despertar a atenção de todos para a busca do envelhecimento saudável, sendo marcado por uma série de atividades na região, como mostra a matéria publicada hoje nos jornais Mogi News e Dat. Exemplo disso a Semana do Idoso, que começou ontem em Mogi das Cruzes e segue até sexta-feira.
Comumente associada a presentes, o Dia das Crianças se tornou a terceira melhor data para o comércio ao longo do ano, tanto que é grande o otimismo para o crescimento das vendas em relação ao ano anterior, conforme destacado pelos jornais do Grupo Mogi News no último domingo. Mas não se trata apenas disso, é preciso valorizar a infância, deixar que as crianças aproveitem este tempo precioso com direito à educação e lazer de qualidade, o que nem todas têm.
Idosos e crianças deveriam ser prioridade para todos, não só para o poder público, como para toda a sociedade e a iniciativa privada, para que a situação mais comum entre estes dois extremos da vida deixem de ser os casos de violência e abandono. É preciso rever as ações em prol da vida, em prol de uma infância que possa ser vivida em sua plenitude, permitindo uma juventude de oportunidades, e que estas conduzam a uma velhice com qualidade de vida.
Claro, que para os mais velhos o bem-estar depende também dos hábitos cultivados, do quanto avançamos na educação, das relações sociais que construímos, mas é preciso também ter respaldo, ter uma rede de proteção social, para que as escolhas sejam determinadas não pelo que nos falta, mas pelo que acreditamos ser importante.
Assim como há o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que em breve completará 30 anos, há o Estatuto do Idoso, ambos prevendo direitos nas mais diversas áreas. Que estes importantes documentos possam ser respeitados, e cada qual, sociedade e poder público, possa fazer sua parte para garantir o bem-estar nas diferentes fases da vida.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos