Cidades
Publicada em 13/11/2017 - 21h13min

Rinaldo Júnior*
Arte

Publicitário leva novas cores para muro da CPTM

Grafite "Ordem e caos" pretende estimular a reflexão de quem passa pela estação de Suzano

O publicitário e artista plástico Ruy Guanaes, de 35 anos, trouxe para o muro externo da estação Suzano da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), linha 11-Coral, novas cores e desenhos. O grafite "Ordem e caos" está sendo produzido desde o último dia 5.
A ideia do desenho é estimular a reflexão sobre a importância da boa convivência e de valores que estão perdendo espaço para as novas tecnologias e o atual estilo de vida. "O intuito é a pessoa questionar a obra de arte para que saia do cotidiano e se coloque em um universo diferente. Os criadores deste planeta são os artistas. Se não fossem os artistas não existiriam outras profissões, porque são os artistas que tiram as pessoas da realidade e as fazem aguentar o cotidiano que ninguém suporta", defende Guanaes.
A pintura tem 125 metros quadrados e é resultado de uma parceria com a Prefeitura de Suzano. Inicialmente o desenho foi feito em uma pintura em aquarela e o modelo original está fora do país. O projeto faz parte de um programa proposto na cidade intitulado de "Galeria de Arte a Céu Aberto - Nos Muros da CPTM".
Para a pintura, Guanaes conta com a parceira do grafiteiro Niko, 23, que tem diversos grafites espalhados pela cidade. "O grafite é uma arte pública, ele não delimita, não escolhe o público. Estamos na rua, um homem pobre e um homem rico poderão ver o grafite, os dois poderão pensar. É uma arte abrangente, que chega a toda as classes", salienta.
A estudante Alessandra Custódio, 22, conta que este tipo de arte é muito importante para a cidade: "Este desenho muda o visual da cidade, tira um pouco do cinza. Faz a pessoa parar de olha o celular e pensar mais na cidade. Ele traz vida e tira um pouco dos logotipos. Deveriam ser feitos mais desenhos". Guanaes tem planos de fazer, a cada ano, duas representações de seus desenhos. "Ordem e caos" está localizado na rua General Francisco Glicério, praça do acesso Sul da CPTM e tem previsão de término até a próxima terça-feira, dia 21. (*Texto supervisionado pelo editor)
  • Grafite começou a ser feito no dia 5 e deve ser concluído na próxima semana
  • Guanaes: " Os criadores são os artistas"
  • Alessandra: "Faz pensar mais na cidade"
  • Niko: " O grafite é uma arte pública"
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos