Cidades
Publicada em 13/11/2017 - 22h43min

Suzano e Itaquá

Serviços essenciais vão funcionar

Foto: Osvaldo Birke/AI-PMI

Repartições públicas de Itaquá não terem expediente
Em virtude do feriado da Proclamação da República, que será celebrado amanhã, ficará suspenso o expediente das repartições municipais em Itaquaquecetuba, com exceção de alguns setores que funcionarão normalmente como feiras livres, limpeza pública (coleta de lixo e varrição das ruas), cemitérios municipais, velório, ambulância, área de saúde (serviço de ambulância) e serviços de trânsito e defesa civil. 
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atende 24 horas através do telefone 192 e pessoalmente na rua João Vagnotti, 157, centro de Itaquá. A Unidade de Pronto Atendimento e o CS 24 horas também funcionarão normalmente.
Em Suzano, órgãos públicos vão paralisar suas atividades nesta quarta-feira. Contudo, os serviços essenciais não serão interrompidos. A Prefeitura volta a funcionar, normalmente, a partir das 8 horas da quinta-feira, assim como as 22 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), o Procon e o Centro de Serviços Unificados (Centrus), onde estão as Secretarias municipais de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego, Meio Ambiente, Saúde, Planejamento Urbano e Habitação, e Assistência e Desenvolvimento Social.
As três bibliotecas municipais bem como os Centros Culturais também retomam o atendimento na quinta-feira. Outros serviços como coleta de lixo, varrição de rua, velório e cemitérios estarão funcionando amanhã, a exemplo das feiras livres.
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que atende pelo número 192, vai funcionar normalmente. Equipes médicas estarão de plantão 24 horas. Os Prontos-Socorros Municipais (PS) Adulto e Infantil, anexos à Santa Casa de Misericórdia de Suzano, atenderão em esquema de plantão, assim como o Pronto-Atendimento (PA) do distrito de Palmeiras.
A Guarda Civil Municipal (GCM) também estará à disposição. A corporação atende pelo telefone 4745-2150, mesmo número pelo qual o munícipe pode acionar a Defesa Civil.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos