Polícia
Publicada em 21/12/2017 - 21h10min

Saída de Natal

Detentos sairão sem tornozeleira

Durante contato feito ontem com a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), para saber quantos detentos da região do Alto Tietê iriam ser beneficiados com a saída temporária de Natal e se usariam tornozeleiras eletrônicas, o Grupo Mogi News foi informado de que não seria possível precisar, por enquanto, a quantidade de detentos que seriam beneficiados, mas que o contrato com a empresa que fazia o monitoramento por meio da tornozeleira havia sido reincidido

Foto: Daniel Carvalho

Secretaria não informou a quantidade de beneficiados
Durante contato feito ontem com a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), para saber quantos detentos da região do Alto Tietê iriam ser beneficiados com a saída temporária de Natal e se usariam tornozeleiras eletrônicas, o Grupo Mogi News foi informado de que não seria possível precisar, por enquanto, a quantidade de detentos que seriam beneficiados, mas que o contrato com a empresa que fazia o monitoramento por meio da tornozeleira havia sido reincidido. . 
A secretaria esclareceu que todos os presos serão monitorados pelas forças de segurança do Estado, assim como tem sido desde a promulgação da Lei de Execuções Penais, em 1984, 26 anos antes da adoção da tornozeleira. São enviadas às forças de segurança estaduais listas com qualificações completas dos presos beneficiados com as saídas temporárias, com fotos e endereços de onde devem permanecer.
A decisão da SAP pela rescisão do contrato de monitoramento com a empresa se deu devido a uma série de falhas na prestação do serviço. "A SAP está tomando todas as providências necessárias para retomar o monitoramento eletrônico o mais rápido possível. Ressalvamos que dados de saída temporária só são repassados após todos os presos beneficiados no estado retornarem", comentou a secretaria.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos