Especiais
Publicada em 22/12/2017 - 22h31min

Curiosidades

Trocar presentes e decorar a casa são antigos costumes desta época

Mesmo em datas diferentes em alguns países, principalmente as crianças sempre são presenteadas no Natal

A troca de presentes é um costume mais antigo que o feriado natalino em si, segundo a Britannica® Digital Learning. A data para a celebração do Natal, segundo registros, pode ter sido escolhida para competir com festivais pagãos que costumavam ocorrer sempre no fim de dezembro. Um desses festivais, o Ano Novo Romano, pode ter influenciado o feriado cristão, uma vez que as casas eram decoradas com folhagens e luzes, e presentes eram dados a crianças e pobres.
Na Espanha e Itália, as crianças só recebem os presentes na noite de 5 de janeiro. Elas deixam seus sapatos do lado de fora das casas, cheios de palha e cevada para os animais dos reis magos se alimentarem. Em troca, recebem presentes. Segundo o folclore italiano, uma velha chamada Befana desce chaminés e entrega presentes para as crianças durante a noite, assim como os três Reis Magos levaram presentes ao menino Jesus.
A noite de Natal na Islândia representa descobertas por meio da literatura. No país, a tradição é dar livros de presente e, depois do jantar de Natal, sentar para passar o resto da noite lendo com a família. O costume movimenta o mercado literário local e promove um fenômeno conhecido por Jólabókaflóð, ou "dilúvio de livros". Essa tradição vem da Segunda Guerra Mundial, quando, por conta das restrições às importações, a população começou a presentear com livros, que eram impressos no próprio país.
Na decoração, o uso de guirlandas como símbolos de vida era um costume antigo dos egípcios, chineses e hebreus, entre outros povos. A veneração da árvore era uma característica comum da religião entre os povos teutônicos e escandinavos do norte da Europa antes de sua conversão ao cristianismo. Eles decoravam portas com vegetação na virada do ano novo para espantar os demônios. O enfeite com folhas espinhosas e frutas vermelhas entrou em uso no feriado para lembrar aos povos da coroa de espinhos usada por Jesus na crucificação.
  • Na Islândia, a tradição é dar livros e a leitura faz parte da noite de celebração
  • A guirlanda é um dos principais símbolos natalinos
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos