Brasil e mundo
Publicada em 24/01/2018 - 22h22min

No Rio, macacos mortos por espancamento ou envenenados passam por necropsia

Até ontem, 118 macacos mortos este ano no estado do Rio de Janeiro foram levados para necropsia no Instituto de Diagnóstico, Vigilância, Fiscalização Sanitária e Medicina Veterinária. Em 52% dos casos, os primatas foram mortos por espancamento ou envenenamento, informou a subsecretária de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde, Márcia Rolim. "A população ainda não entendeu que não é o macaco que transmite a febre amarela", disse Márcia.
Compartilhe

Video

Mais vistos