Cidades
Publicada em 02/01/2018 - 20h19min

Legislativo

Zaqueu renuncia e Leandrinho assume presidência da Câmara

Presidente alegou "questões de absoluto foro íntimo"; vereador que assume o cargo está no primeiro mandato

Foto: Ricardo Bittner/Câmara de Suzano

Zaqueu Rangel está em seu sexto mandato e continuará atuando como vereador
O vereador José Izaqueu Rangel (PSDB), o Zaqueu Rangel, protocolou na manhã de ontem sua renúncia ao cargo de presidente da Câmara de Suzano. O parlamentar Leandro Alves de Faria (PR), o Leandrinho, vice-presidente do Legislativo, assumirá a presidência até o final deste ano. Ele tem 39 anos, está em seu primeiro mandato e foi eleito com 929 votos.
Rangel explicou que tomou a decisão "por questões de absoluto foro íntimo". No documento, ele fez questão de agradecer o apoio dos vereadores. "Quero consignar meus agradecimentos a todos os edis pela sua colaboração com este subscritor, notadamente por termos passado por um momento de grande mudança que foi a vinda para o novo e primeiro prédio próprio que abriga as instalações do legislativo suzanense". O vereador também agradeceu a colaboração de todos os funcionários da Casa de Leis. "Sem os servidores, a Câmara não existiria", falou.
Zaqueu está em seu sexto mandato como vereador e afirmou que manterá o compromisso firmado com a população ao ser eleito com 2.078 votos. "Vou continuar trabalhando por Suzano. Saio da presidência e reforçarei minha atuação junto ao povo suzanense", comentou.
O novo presidente da Câmara recebeu a renúncia de Zaqueu com surpresa. "Não foi algo esperado. No entanto, posso afirmar que estou preparado para assumir o cargo e vou desempenhar essa função de maneira democrática e sempre seguindo os preceitos da transparência e legalidade que regem a administração pública", argumentou. Além disso, Leandrinho afirmou que o Legislativo continuará apoiando o Executivo nas ações benéficas à cidade.
Hoje, o vereador receberá a Imprensa para revelar seu planejamento no comando da Casa de Leis. De acordo com o Regimento Interno da Câmara, a eleição para a escolha do novo vice-presidente deverá ser realizada em no máximo 30 dias.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos