Cidades
Publicada em 02/01/2018 - 20h56min

Setor fortalecido

Turismo capta mais de R$ 1,5 milhão para investimentos

Marca histórica para a cidade que garantirá recursos é referente a projetos inscritos ao longo do último ano

Foto: PMMC/Divulgação

Estação de Sabaúna receberá as primeiras melhorias, no valor de R$ 385 mil
Entre 2017 e 2018 que se inicia, a área do turismo da cidade já pode contar com uma marca histórica. Somando os projetos inscritos ao longo do último ano pela Coordenadoria de Turismo junto às esferas federal e estadual e o que já está previsto para este ano, chega a R$ 1,6 milhão o montante que passa a estar disponível para investimentos no setor.
O valor se refere a dois projetos aprovados pelo Ministério do Turismo, mais dois pelo programa Município de Interesse Turístico (MIT), do Governo do Estado, do qual Mogi das Cruzes passou a fazer parte oficialmente em novembro de 2017.
No final da última semana de 2017, o prefeito de Mogi das Cruzes, Marcus Melo (PSDB), fez a assinatura do convênio que vai garantir à cidade os primeiros recursos estaduais transferidos via MIT, referentes ainda ao exercício de 2017. E já há para 2018 a garantia da liberação de mais R$ 600 mil, em razão de um outro projeto inscrito pela cidade. Vale lembrar que R$ 600 mil é o valor máximo que um município classificado como MIT pode receber por ano do Governo do Estado.
"Montamos uma verdadeira força-tarefa, com o intuito de captarmos recursos ainda do exercício de 2017 por meio do MIT e também para já garantir verba para 2018. Como a classificação de Mogi saiu em novembro, o tempo foi curto, mas conseguimos protocolizar os projetos, eles foram aprovados e já temos recursos assegurados", destaca o secretário municipal de Cultura e coordenador municipal de Turismo, Mateus Sartori, acrescentando que esse é um valor superior a tudo o que já se viu em termos de orçamento para o turismo em Mogi das Cruzes.
O primeiro convênio do MIT, assinado na semana passada, permite a transferência de um total de R$ 385.026,08, a ser aplicado em melhorias na estação ferroviária de Sabaúna. O projeto prevê uma reforma interna do imóvel, com serviços como pintura geral, retirada e recolocação de condutores de águas pluviais, reposição de telhas, colocação de piso laminado e adequação não só dos sanitários, como de toda a estação para o atendimento e adequação às normas de acessibilidade.
Também estão previstas benfeitorias para a parte externa da estação, com implantação de área de convivência e descanso, playgrounds, praça com palco coberto e bancos de repouso.
Já para este ano, os
R$ 600 mil serão aplicados no avanço e aperfeiçoamento da infraestrutura dos principais atrativos turísticos de Mogi das Cruzes. Está prevista, por exemplo, a melhoria de sinalização das rotas turísticas existentes na cidade, como o Caminho do Sal, além de trabalhos de reforma, adequação e modernização dos principais museus do município. São eles: Museu Visconde de Mauá, Centro de Cultura e Memória Expedicionários Mogianos, Centro de Exposições Cidades-Irmãs, Museu Taro Konno, a Pinacoteca e o Centro de Informações Turísticas. 
A reforma da estação de Sabaúna também é o objeto de um dos projetos aprovados pelo Ministério do Turismo em 2017. O valor total é de R$ 258.570,00 e a verba provém de uma emenda parlamentar do deputado federal Marcio Alvino. O convênio entre a Prefeitura e o Ministério foi aprovado pela Câmara Municipal em dezembro último.
E há ainda o projeto de implantação de infraestrutura no Pico do Urubu, também aprovado pelo Ministério do Turismo. Este prevê a transferência de R$ 438.750,00, a serem aplicados em melhorias no local.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos