Cidades
Publicada em 25/01/2018 - 19h57min

Isabella Grisaro*
volta às aulas

Compra de artigos escolares movimenta lojas de Suzano

Lojistas comemoram bons resultados e esperam um aumento de 10% nas vendas em relação ao ano anterior

As compras para a volta às aulas deixaram o centro de Suzano movimentado durante a tarde de ontem. Os comerciantes comemoram o crescimento das vendas devido ao retorno antecipado das aulas, o que atraiu muitos clientes para os estabelecimentos.
Mas nem sempre é fácil conseguir conciliar o orçamento com o desejo dos filhos, como conta a empresária Vanessa Abreu Nascimento, de 29 anos, que foi ao centro da cidade para comprar cadernos, lápis, estojo e mochila para a filha. "Minha filha gosta de vir comigo comprar só para poder escolher os personagens dos cadernos, mas só escolhe os mais caros, aí é que eu acabo saindo no prejuízo. Este ano, pretendo gastar ao todo R$ 300, fora a mochila, que ela também precisa de uma nova", afirmou.
Para Vanessa, os preços não mudaram muito. "Ainda estamos pesquisando, mas sempre compramos na mesma loja pois os valores são baixos. Inclusive os preços estão praticamente a mesma coisa em relação ao ano passado", concluiu.
A cuidadora Gislaine de Miranda Dias, 42, também decidiu ir às compras com a filha. "Gostei muito dos preços daqui, porém levarei apenas os cadernos que minha filha escolher e se estiverem dentro do orçamento", disse. Ela fez um comparativo de preços com o ano anterior e afirmou que não viu muita diferença nos valores.
Segundo a gerente de uma grande loja na cidade, Cristina Silva, 38, as vendas estão subindo 10% em comparação a janeiro do ano passado. O principal motivo para isso, de acordo com ela, foi o início antecipado das aulas devido à Copa do Mundo. "Isso é algo muito positivo para nós lojistas, pois geralmente as grandes compras costumam ocorrer mais para o início de fevereiro", destacou.
Cristina ainda salientou que já no começo desse mês as vendas foram boas e estão aumentando mais a cada dia. "Os principais itens vendidos são os cadernos e as mochilas. Aqui nós não fazemos promoções, mas analisamos o mercado e definimos um preço bom para todos. Dessa forma, facilitamos as condições de pagamento, permitindo que os clientes dividam em até seis vezes sem juros as compras acima de R$ 150, o que atrai muito o público", explicou a gerente.
Elaine Cristina Soares de Lima, 39, tem três filhas, sendo que apenas a de 9 e a de 13 anos já vão à escola. "Ainda não fiz o orçamento para esse ano, porém quero gastar no máximo R$ 200 com tudo", revelou. Para ela é importante levar as crianças. "Quando minhas filham eram menores, eu escolhia sempre por elas, mas agora fazem questão de vir comigo para ver os modelos e desenhos que querem, o que eu concordo já que, na realidade, elas que irão usar durante o ano inteiro, então precisam gostar de verdade", ressaltou Elaine. (*Texto supervisionado pelo editor)
  • Volta antecipada das aulas aumentou procura por materiais ainda no início do mês
  • Vanessa: "Ainda estamos pesquisando"
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos