Cidades
Publicada em 30/01/2018 - 22h41min

Problemas de infiltração

Câmara vai notificar judicialmente empresa

Foto: Ricardo Bittner/Câmara de Suzano

Leandrinho afirma que tentou solução amigável
O presidente da Câmara de Suzano, Leandro Alves de Faria (PR), o Leandrinho, irá notificar judicialmente a PS Engenharia Construção e Comércio Ltda., empresa responsável pela construção do Palácio Deputado José de Souza Candido, para que efetue reparos nos problemas de infiltração e vazamentos no prédio, que é sede do Legislativo desde meados do ano passado.
A empresa tem 24 horas para iniciar os trabalhos, contados a partir do recebimento da notificação. O documento foi protocolado na última segunda-feira no Cartório de Títulos e Documentos de Suzano e deverá ser encaminhado à PS Engenharia nos próximos dias.
A entrega definitiva da obra foi realizada em 30 de outubro de 2017. Menos de quatro meses depois, a nova sede já apresenta infiltrações com gotejamento de água, principalmente em pontos do plenário e dos gabinetes de alguns vereadores que estão instalados abaixo dos espelhos d'água existentes no prédio. De acordo com o documento, isso ocorre "provavelmente em razão de problemas na execução dos serviços contratados".
O presidente da Casa de Leis explica que deu entrada na notificação extrajudicial depois de tentar contato amigável com a PS Engenharia, a partir do dia 2 de janeiro, data em que assumiu o cargo. "A construtora não tomou as providências cabíveis para a realização dos reparos necessários", ressaltou.
A notificação cita o artigo 618 do Novo Código de Processo Civil, que determina que o empreiteiro deve responder pelo prazo de cinco anos pela solidez a segurança do trabalho executado na obra, e que a garantia estende-se a questões que afetem a salubridade da construção, como é o caso de infiltrações e vazamentos.
A nova sede da Câmara de Suzano foi inaugurada em 16 de dezembro de 2016. Porém, apenas o plenário da Casa de Leis ficou em uso para sessões e audiências públicas no primeiro semestre de 2017, devido a reparos necessários no prédio. A transferência da parte administrativa do Legislativo e dos gabinetes dos vereadores foi realizada em 30 de junho do ano passado.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos