Artigos
Publicada em 26/02/2018 - 22h12min

Afonso Pola

Parca memória

O Brasil parece um país que vive fugindo de sua história. De forma parcial ou total estamos, volta e meia, ensaiando uma crise de amnésia e esquecemos ou não queremos saber de muitas verdades que nos cercam.
Até bem pouco tempo insistíamos em rememorar o fim da odiosa e vergonhosa escravidão reverenciando uma princesa branca e filha de uma classe que fora promotora e aproveitadora da escravidão de milhões de seres humanos, enquanto ocultávamos no esquecimento o negro Zumbi, símbolo de uma apaixonante e longa resistência de todo um povo que sempre lutou contra tal condição.
Diferente do caminho percorrido por nações vizinhas, como é o caso do Uruguai e Argentina, que estão sempre dispostas a revirarem o passado na busca de uma maior compreensão a respeito das nefastas experiências que custaram o sofrimento e a vida de muitos de seus filhos, no Brasil, para atendermos aos interesses de poucos, insistimos em esconder covardemente o nosso passado de autoritarismo militar e todas as atrocidades cometidas em nome da "pátria" durante as duas décadas de vigência da ditadura militar.
No início dos anos 1990 havia a denúncia de corpos de militantes de esquerda que foram vítimas do regime militar e que poderiam ter sido enterrados na vala comum encontrada no Cemitério de Perus com mais de mil pessoas enterradas como indigentes. Neste mês, os restos mortais de Dimas Antônio Casemiro, militante do movimento estudantil na cidade de Votuporanga, interior de São Paulo, foi identificado entre as ossadas encontradas naquele cemitério. O Cemitério de Perus foi criado em 1971, pelo então prefeito (biônico) Paulo Maluf, colaborador do regime militar.
Existe uma forte suspeita de que os restos mortais de inúmeros outros militantes estejam entre as ossadas encontradas naquela vala comum. Identificá-los não deve ser do interesse apenas dos familiares e amigos daqueles que permanecem desaparecidos. Isso deve ser do interesse de todos, para o bem da democracia.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos