Esportes
Publicada em 28/02/2018 - 22h48min

Mogi/Helbor

Diretoria recorrerá de punição da Liga

A diretoria do Mogi das Cruzes/Helbor decidiu na tarde de ontem que vai recorrer da decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), da Liga Nacional de Basquete, que puniu sete jogadores do clube pela confusão generalizada ocorrida no jogo contra a Liga Sorocabana, no dia 17 de janeiro. O julgamento foi realizado na noite de anteontem em São Paulo.
A diretoria considera muito severas as punições aplicadas aos jogadores Tyrone Curnell, Jimmy Dreher, Fabricio Russo, Guilherme Lessa, Vithor Lersch, José Carlos e Wesley Sena, com dois jogos de suspensão. Os três primeiros atletas já cumpriram um jogo e ficariam fora apenas do próximo compromisso da equipe pelo NBB Caixa (Novo Basquete Brasil) contra o Franca, no dia 8. Os demais não jogariam também contra o Flamengo, dia 10.
"Vamos recorrer justamente pelo fato das penas terem sido aplicadas de forma desproporcional. O artigo 258 fala em invasão de quadra sem autorização do árbitro, como o próprio regulamento da Liga, prevê a possibilidade de desqualificação do atleta. Isso está no regulamento e no código da Justiça Desportiva. O que nós apresentamos a eles ontem foi que o ingresso na quadra desses jogadores foi por uma medida apaziguadora, sem intenção de gerar tumulto e, sim, conter os ânimos de alguns atletas que estavam envolvidos", ressalta Cezar Lombardi, advogado do clube.
Ainda segundo Lombardi, foram punidos jogadores que entraram na quadra depois de cinco minutos do ocorrido. "Tem atletas primários, sem qualquer tipo de antecedentes e a norma permite que eles apliquem a pena mínima, que seria um jogo, ou substituí-la por uma advertência. Vamos pedir a absolvição, mas caso eles entendam que a norma tem aplicação literal, independente da motivação, havendo o ingresso do atleta na quadra seria motivo de desqualificadora, então que se aplique a pena mínima", completou.
A equipe volta a quadra nesta sexta-feira contra o Corrientes (ARG) para a disputa da semifinal da Liga das Américas, na Argentina.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos