Editorial
Publicada em 19/02/2018 - 22h38min

Reação

Se como todos dizem o ano só começa depois do Carnaval, iniciamos a primeira semana de 2018. Mas, o otimismo do período pós Ano-Novo desta vez dá lugar aos pés do chão de quem percebe que pouco mudou desde os últimos dias de 2017. A grande mudança parece ser apenas o fim do horário de verão, lamentado por alguns e comemorado por boa parte da população.
Porém, mesmo diante de expectativas pouco positivas, a esperança persiste. E o nível de emprego na indústria divulgado ontem pelo Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) mostra que a economia vem reagindo. Segundo o levantamento, que é destaque hoje nos jornais do Grupo Mogi News, a região apresentou uma variação positiva de 2,42% em janeiro deste ano, superando a média do Estado, que ficou em 0,5%.
Enquanto em 2016 e 2017, o resultado foi negativo, a região vem numa crescente e apresenta o segundo melhor desempenho no nível de emprego industrial do Estado. E a expectativa é de números ainda melhores, que reacendam nos empresários a confiança para investir e ampliar o número de contratações. Um bom exemplo da reação do setor vem da Gerdau, que decidiu reativar a unidade de aços especiais em Mogi das Cruzes.
Neste cenário positivo, quanto mais gente empregada e conseguindo cumprir com seus compromissos financeiros, melhor gira a economia. O comércio fatura mais, cai a inadimplência, estimulando também a criação de novas vagas nos diferentes setores.
O que continua sendo um entrave para resultados ainda melhores é a instabilidade política. Enquanto a economia avança, mesmo que em passos lentos, o Ministério do Trabalho, por exemplo, continua vago, em troca de o apoio a uma reforma que pode nem sair do papel. O governo de Michel Temer, com altos índices de rejeição, deve engavetar a polêmica reforma da Previdência, já que não tem garantia dos votos necessários para sua aprovação. Trata-se de uma variável importante para a recuperação e a volta do crescimento efetivo do país, que ainda enfrenta as incertezas sobre os postulantes à Presidência da República.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos