Editorial
Publicada em 22/02/2018 - 21h39min

Mogi-Bertioga

A interdição da rodovia Mogi-Bertioga completa uma semana hoje, e ainda não há um prazo definido para que ela seja reaberta para os veículos. A previsão é que as pistas sejam liberadas neste fim de semana, mas não foi especificado o dia ou horário. Quem tem como destino o litoral, seja para trabalho ou lazer, tem que utilizar as rodovias dos Tamoios e Oswaldo Cruz no sentido São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba, e o sistema Anchieta/Imigrantes para chegar a Bertioga ou ao Guarujá.
Não é de hoje que as encostas da rodovia representam um perigo para os motoristas em época de chuvas. A situação melhorou, mas ainda é temeroso trafegar pela estrada em dias de tempestade, quando não é incomum motoristas pararem com medo das pedras e galhos de árvores que rolam das encostas em direção à pista. É preciso investimento para solucionar o problema e evitar possíveis tragédias, que, por sorte, não ocorreram nestes deslizamentos recentes.
Outra questão, que é uma reivindicação antiga da cidade, é a duplicação da via. Devido ao alto custo, o projeto foi descartado pelo governo do Estado, mas seria fundamental para desafogar o trânsito carregado, comum nos feriados prolongados e até mesmo em alguns finais de semana. O tráfego muitas vezes começa a ficar intenso ainda em Mogi das Cruzes, no trecho de Brás Cubas que dá acesso à rodovia. E percorrer os cerca de 50 quilômetros que separam a cidade de Bertioga leva horas.
Situação mais complicada ainda para os moradores de Biritiba Ussu, distrito ao longo da Mogi-Bertioga. Eles ficam praticamente isolados em dias de congestionamento. Tanto que é recorrente a alteração de trajeto das linhas de ônibus que passam pela rodovia, como foi solicitado em dezembro pela Prefeitura de Mogi à concessionária responsável pelo transporte público na região, que passou a utilizar a Estrada do Nagao como rota alternativa.
Parece que Mogi vive um dilema sem fim, tem a proximidade do litoral como um dos seus principais atrativos, mas falta melhorar a infraestrutura da rodovia que proporciona este acesso.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos