Cidades
Publicada em 07/03/2018 - 20h26min

Acessibilidade e segurança

Duas estações recebem melhorias

As estações ferroviárias Estudantes e Braz Cubas receberão faixas de travessia elevadas - também conhecidas como lombofaixas - e semáforos específicos para os pedestres, com toda acessibilidade

Foto: MogiNews

Estação Brás Cubas e Estudantes terão lombofaixas e semáforos para pedestres
As estações ferroviárias Estudantes e Braz Cubas receberão faixas de travessia elevadas - também conhecidas como lombofaixas - e semáforos específicos para os pedestres, com toda acessibilidade. O trabalho será realizado em parceria pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e pela Secretaria Municipal de Transportes. A previsão é de que a travessia elevada seja construída em Braz Cubas hoje, na avenida Anchieta, e na Estação Estudantes no próximo dia 12, na rua Professor Álvaro Pavan.
A construção das travessias elevadas ficará por conta da CPTM, enquanto a instalação dos semáforos será feira pela Secretaria de Transportes. De acordo com o secretário José Luiz Freire de Almeida, este trabalho tem como objetivo aumentar a segurança dos passageiros e pedestres que circulam pelas ruas das estações - onde o movimento é intenso durante todo o dia. Na estação de Braz Cubas já existe um semáforo do tipo, que será remanejado, enquanto na área central o equipamento novo vai ser instalado. Todas as exigências de acessbilidade também serão contempladas.
"São pontos onde passam muitas pessoas e a secretaria tem se empenhado em aumentar a segurança tanto dos passageiros, no embarque e desembarque, como dos pedestres que utilizam essas regiões. Os semáforos contribuirão com isso, pois terão tempos específicos para os pedestres, aumentando a segurança. Outra preocupação nossa é a acessibilidade", detalhou José Luiz, que incumbiu o diretor de Planejamento da secretaria, Paulo Castilho, de acompanhar a execução do trabalho em campo.
Na Estação Estudantes, o desembarque de passageiros coincide com a chegada de estudantes universitários, o que provoca movimento intenso de pessoas ao lado de veículos de passeio e de ônibus. Segundo Castilho, a instalação da travessia elevada contribuirá para melhorar a situação. "A lombada é instalada com asfalto, na mesma altura da calçada, com uma faixa de pedestres, de forma que as pessoas continuam caminhando normalmente, ao mesmo tempo que o obstáculo obriga os motoristas a reduzirem a velocidade", detalha. A inclusão de um semáforo com um tempo específico para a travessia completa o sistema.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos