Cidades
Publicada em 14/04/2018 - 21h17min

Rinaldo Junior *
Gratificação

Polícias recebem cerca de R$ 410 mil de Pró-labore

As Prefeituras de Mogi das Cruzes, Suzano e Poá repassam por mês cerca de R$ 410 mil para os policiais que recebem o Pró-Labore

Foto: Aurélio Alves/Secom Ferraz

Ferraz de Vasconcelos destacou estar em dia com pagamentos do benefício à PM
As Prefeituras de Mogi das Cruzes, Suzano e Poá repassam por mês cerca de R$ 410 mil para os policiais que recebem o Pró-Labore.
O beneficio é adicionado mensalmente nos salários dos profissionais, como uma forma de gratificação pelas atividades prestadas na cidade.
Cada Prefeitura é responsável pelo pagamento aos trabalhadores.
A cidade de Mogi das Cruzes paga o Pró-labore aos policiais militares, bombeiros e policiais rodoviários, segundo informou a administração municipal.
Somente no mês de fevereiro deste ano, 674 policiais receberam o Pró-Labore e foram repassados um total de R$ 250 mil aos profissionais.
A Prefeitura de Mogi ainda ressaltou em nota que, em relação aos policiais civis, o pagamento foi suspenso no ano passado.
Em setembro de 2017, a Secretaria Estadual de Segurança Pública não concordou com a assinatura de um convênio entre a Prefeitura e a referida secretaria responsável pelo órgão - Polícia Civil.
Com esta medida, a administração municipal não pode realizar o pagamento do Pró-Labore aos policiais civis, pois falta um instrumento legal para isso.
Conforme concluiu a assessoria de Imprensa da Prefeitura, "a administração municipal vem buscando uma solução para esta questão, inclusive com o encaminhamento de uma nova solicitação de convênio, para que a secretaria estadual possa analisar, aguardando manifestação".
Já na cidade de Suzano o beneficio é repassado para 275 policiais militares, sendo que, cada um, recebe R$ 400, o que totaliza R$ 110 mil por mês no total.
Segundo a Prefeitura, a atual gestão municipal pagou o Pró-Labore para a Polícia Militar e também implantou uma base da 4º Companhia na região do bairro Boa Vista.
Em Poá, apenas a Polícia Militar é contemplada com o Pró-Labore.
Por mês são repassados R$ 50 mil à PM, o que totaliza R$ 600 mil por ano.
Segundo informou a administração municipal, o pagamento está sendo realizado normalmente aos policiais.
Em Ferraz de Vasconcelos, o pagamento é feito para a Polícia Militar.
Conforme explicou a Prefeitura, os pagamentos aos policiais estiveram atrasados por alguns meses, por conta da renovação de contrato, mas já foi normalizado e está em dia. Por ano são repassados R$ 532 mil. 
A equipe do Grupo MN questionou a Prefeitura de Itaquaquecetuba sobre o pagamento do Pró-Labore à polícia, mas, até o fechamento desta edição, não houve resposta.
* Texto supervisionado pelo editor.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos