Polícia
Publicada em 12/06/2018 - 23h16min

Gustavo Gomes*
Itaquá

Líder de facção é preso em operação da Civil

Rodrigo Andrade é apontado como um dos chefes do PCC no município, a prisão dele somente foi possível graças a uma investigação feita pelo 1º DP

Rodrigo Andrade da Silva, apontado como um dos líderes do Primeiro Comando da Capital (PCC), em Itaquaquecetuba foi preso na manhã de ontem, na casa onde mora, após uma investigação promovida pelos policiais do 1º Distrito Policial do Caiuby. De acordo com informações passadas à reportagem pela Polícia Civil, Silva é suspeito de participar de diversos crimes como sequestro, roubo e tráfico de drogas em vários município do Estado de São Paulo.
Com mais de dez policiais na operação, foi encontrado na casa de Silva um revólver calibre 38, munições, um quilo de maconha e mais alguns objetos que seriam de vítimas. Conhecido por ser extremamente violento, Silva, possui diferentes passagens pela polícia como roubo, extorsão, estelionato. Informações da Polícia Civil, apontam que o suspeito já organizou e participou de diferentes crimes, sendo identificado até o momento em um roubo a um supermercado da região, e em um sequestro relâmpago de um comerciante.
Desenrolar
Foi depois desse sequestro que as operações começaram. O delegado Eliardo Amoroso Jordão relembra o início do caso. "Esse comerciante foi deixado em Guarulhos, e depois do boletim de ocorrência, pedimos a prisão de um dos envolvidos, que já sabíamos quem era. Em continuidade a essa investigação, nós descobrimos também um roubo que tinha acontecido no comércio de um familiar dessa vítima. Foi depois dessas descobertas que começamos a investigar o Rodrigo", contou.
O chefe dos investigadores, Paulo Pagano, comentou como procederam as investigações. "Estamos há dois meses monitorando os passos de Rodrigo e outros suspeitos de integrarem a quadrilha, agimos no momento certo, pois, o investigado é natural do Mato Grosso, e após cometer esses delitos tentaria fugir para o seu Estado natal nos próximo dias", finalizou.
*Texto supervisionado pelo editor.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos