Cidades
Publicada em 10/07/2018 - 22h07min

Rinaldo Junior*
Suzano

Obras de revitalização são iniciadas na Marginal do Una

Empresa vencedora da concorrência, a Renov Pavimentação, tem agora 12 meses para concluir os trabalhos

Foto: Vitoria Mikaelli

Financiamento total da obra é de R$ 12 milhões, obtidos da agência Desenvolve SP
As obras da avenida Mario Covas Júnior, a Marginal do Uma, em Suzano, foram iniciadas na manhã de ontem, o que deixou os moradores da cidade esperançosos com a construção. O processo licitatório para o início das obras foi finalizado no mês passado, e a empresa que venceu a concorrência foi a Renov Pavimentação, que terá o prazo de 12 meses para finalizar a construção. A equipe do Dat esteve na tarde de ontem no local para conversar com os suzanenses e saber deles o que esperam da medida.
A construção prevê a revitalização do local com uma nova pavimentação, acessibilidade, paisagismo e iluminação, o que compreende a finalização de dois quilômetros da pista no sentido da rodovia Índio Tibiriçá (SP-31), na Vila Figueira. Ao todo, para a construção foi feito um financiamento de R$ 12 milhões junto à Agência de Desenvolvimento Paulista, a Desenvolve SP, e as parcelas serão liberadas conforme o progresso das intervenções da Renov.
O auxiliar de produção e morador do bairro Jardim Natal, Bruno Henrique Sena, 20 anos, disse que está com expectativas positivas para a construção. "Até que demoraram para começar com as obras, o local precisa muito de uma reforma. Antes, a via era cheia de buracos, além disso, também é um grande ponto de alagamento. Espero que, com a construção, tudo melhore", afirmou.
Para o aposentado e morador da Vila Amorim, Geraldo Augusto da Silva, 82, a expectativa é que as obras terminem no tempo planejado. "Eu acho que o prazo para o término da construção é muito longo, se você observar o tamanho da obra, não serão precisos os 12 meses. Mas, caso contrário, espero que eles terminem no tempo estimado", calculou.
Já a dona de casa e também moradora da Vila Amorim, Sara Batista dos Santos, 39, também comentou sobre a obra e alertou para a falta de segurança do local. "A via realmente precisava de uma revitalização, ela estava cheia de buracos e causava muitos acidentes. Além da construção do local, a prefeitura tem que olhar para a segurança do bairro, está muito precária", finalizou.
* Texto supervisionado pelo editor.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos