Variedades
Publicada em 07/07/2018 - 20h25min

Cultura

Inscrição para o 5º Salão de Artes é prorrogada

Até o dia 13, artistas podem inscrever trabalhos inéditos nas categorias acadêmica e contemporânea

Foto: Divulgação

Serão aceitos pinturas, desenhos, gravuras, esculturas, cerâmica, porcelana; até 3 trabalhos podem ser enviados
As inscrições para o 5º Salão de Artes Plásticas de Mogi das Cruzes, que seriam encerradas na última sexta-feira, foram prorrogadas para o dia 13 de julho. A extensão foi definida em razão dos jogos da Copa do Mundo, que afetam o horário de funcionamento da Secretaria de Cultura e também por conta do feriado do dia 9 de julho.
A mostra será realizada no período de 10 a 30 de novembro no Centro Cultural de Mogi das Cruzes e podem participar artistas e coletivos de artistas, brasileiros ou estrangeiros, maiores de 18 anos, residentes no país há mais de três anos, mesmo aqueles que nunca tenham realizado exposição individual.
As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no horário comercial, das 8h30 às 16h30. É possível se inscrever pessoalmente, na sede da Secretaria de Cultura, ou enviar inscrição pelo correio com aviso de recebimento (AR).
Serão aceitos trabalhos bi e tridimensionais. Isto é, pinturas, desenhos e gravuras, bem como esculturas, cerâmica, porcelana e entalhe. Como em anos anteriores, o Salão abrange as categorias acadêmica e contemporânea e os participantes só podem se inscrever em uma delas. Cada inscrito poderá enviar no máximo três trabalhos e é preciso respeitar as medidas máximas, que estão detalhadas no edital.
Poderão ser inscritos trabalhos produzidos a partir de 2015, datados, não premiados e inéditos. Não serão admitidas cópias ou reproduções de outros artistas. Não serão aceitos trabalhos com materiais frágeis, que comprometam a apresentação das obras e a integridade física do local e do público. Também não serão aceitos trabalhos fotográficos.
Os trabalhos inscritos serão inicialmente avaliados por uma equipe técnica da Secretaria de Cultura, que vai verificar ficha técnica e documentação e depois seguirão para as etapas de pré-seleção e classificação, que ficarão a cargo de renomados profissionais das artes plásticas e outros segmentos culturais. Na pré-seleção serão analisadas as imagens referentes às obras, histórico das obras, portfólio e currículo dos artistas. Já na etapa de classificação será feita a avaliação das obras em si. A previsão é que a última etapa aconteça entre os dias 10 e 29 de outubro.
O patrono do Salão de Artes deste ano é Umberê Normando Pinto. A escolha do nome se deu por meio de pesquisa on-line, realizada pelo site da Secretaria Municipal de Cultura entre os dias 11 e 30 de abril. Foram ao todo 194 indicações para o homenageado, o que correspondeu a 69% do total dos votos.
O Salão de Artes de Mogi das Cruzes é um evento que busca fomentar, promover e difundir a produção artística na região, além de estimular a reflexão e o intercâmbio de ideias no campo das artes visuais, contribuindo para a formação de público e também para a construção da história da arte mais recente no país.

Patrono Umberê era amante da vida marinha

Umberê Normando Pinto é nascido em São Paulo, mas sempre manteve uma relação forte com Mogi das Cruzes, considerando-a como a cidade do seu coração. Constituiu a família em território mogiano após se casar com Lúcia Menegatti.
Na arte, sempre mostrou seu interesse pela vida marinha e os meios de locomoção de antigamente, como as grandes embarcações que levavam os homens para desbravar terras e praticar o comércio.
Umberê foi artista plástico por formação e sempre atuou como professor nas escolas públicas e particulares de Mogi das Cruzes. Dedicou-se a mostrar seu trabalho principalmente nas cidades litorâneas.
Em 2016, pôde mostrar um pouco da sua arte no Centro Cultural de Mogi das Cruzes, quando participou da Mostra Repertório, Memória, Vivência - "A Vida no Mar". Umberê faleceu no mesmo ano, deixando saudades.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos