Esportes
Publicada em 08/09/2018 - 22h55min

Dirceu Sousa
Lesionado

Sem Sánchez, Santos quer provar independência

Sem o uruguaio Carlos Sánchez, que se recupera de lesão muscular, o Santos tentará provar que não existe uma dependência do uruguaio, que ainda não perdeu com a camisa do clube - contando apenas os resultados dentro de campo -, no confronto de hoje com o Paraná, às 19 horas, no Durival de Britto, pelo Campeonato Brasileiro.
Desde que estreou como jogador do Santos, Sánchez esteve presente em quatro empates e três vitórias, em partidas por Copa Libertadores e Brasileirão. O jogo de ida pelas oitavas de final da competição continental, que terminou em empate por 0 a 0 com o Independiente, da Argentina, foi revertido para uma derrota por 3 a 0 por causa da escalação irregular do uruguaio.
Sánchez só não foi a campo em três partidas desde que estreou. O Santos jogou sem o meio-campista no duelo de volta pelas quartas de final da Copa do Brasil, porque ele não foi inscrito à tempo na competição, mas mesmo assim a equipe treinada por Cuca venceu o Cruzeiro por 2 a 1, apesar de eliminação sofrida nos pênaltis. Já no Brasileirão, ficou fora da derrota para o Atlético Mineiro, fora de casa, e do empate com o Grêmio, como mandante.
Na quinta-feira, Jean Mota foi o substituto de Sánchez, mas nem o meia nem o time conseguiram manter o padrão de atuação. O jogador não voltou para disputar o segundo tempo, mas as alternativas de deslocar Victor Ferraz para o meio de campo e lançar o costa-riquenho Bryan Ruiz também não surtiram efeito, apesar do empate ter aumentado a invencibilidade santista para sete partidas. (E.C.)
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos