Polícia
Publicada em 22/12/2018 - 22h12min

Lílian Pereira
Estatística

Quatro dos principais índices criminais apresentam queda

Levantamento leva em conta as cinco cidades mais populosa; dados são da Secretaria de Segurança Pública

Quatro dos cinco principais indicadores criminais apresentaram queda nos municípios mais populosos do Alto Tietê entre os meses de janeiro a novembro deste ano em relação com o mesmo período do ano passado, de acordo com dados divulgados pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP). Apenas os casos de furto tiveram um aumento de 3% nas cidades de Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá e Suzano.
A maior queda foi no crime de homicídio: 12%. De janeiro a novembro do ano passado foram registrados 107 casos, no entanto, neste ano, foram 94. No mesmo período, Itaquá foi o município que mais registrou casos dentre as demais, porém, se comparado com o mesmo período do ano passado, os homicídios diminuíram em 8%. Em seguida está Mogi, com 22 casos. Entretanto, apesar da queda geral, a cidade teve um aumento de 29% em relação ao ano passado, quando registrou 17 casos.
Os roubos tiveram queda de 6% nas cidades, já que de janeiro a novembro do ano passado foram 7.652 casos, contra 7.189 neste ano. Mais uma vez Itaquá lidera o ranking com 2.660 casos. Em contraponto, Poá apresentou os menores casos, com 748. Já as ocorrências de roubo de veículos caíram em 7%. Em 2017, as cinco cidades registraram juntas 2.526, já neste ano, 2.343. Os casos em Suzano apresentaram um número significativo, com 637 roubos de veículos de janeiro a novembro neste ano, mas no ano passado, foram 632 casos.
Assim como os roubos de veículos, os furtos de veículos também diminuíram, mas em 3%. No total, foram 2.686 casos ano passado contra 2.504 este ano. Ferraz foi a cidade que registrou o menor número desse índice, com 288 de janeiro a novembro deste ano, enquanto que no mesmo período do ano passado foram 326, ou seja, uma queda de 11%. Por outro lado, Suzano teve os maiores registros tanto em 2017 quanto em 2018: 842 e 835 respectivamente.
Furtos
Apenas os furtos aumentaram. De janeiro a novembro do ano passado foram 8.728 e no mesmo período deste ano, 9.024, o que representa um aumento de 3%. Nesse sentido, Itaquá e Poá foram os únicos municípios que tiveram aumento no índice. Itaquá registrou em 2017, 1.791, já este ano, 2.168, ou seja, um aumento de 21%. Enquanto isso, o aumento em Poá foi de 6%, com 878 casos em 2017 e 931 este ano.

Evolução da criminalidade

Município                            Período          Homicídios     Roubo   Roubo de veículos    Furto    Furto de veículos
Ferraz de Vasconcelos  Jan-Nov 2017            15 1.078 526 909 326
                                   Jan- Nov 2018           7 1.123 426 862 288
Itaquaquecetuba        Jan-Nov 2017       34 2.218 833 1.791 506
                                 Jan-Nov 2018           37 2.660 798 2.168 617
Mogi das Cruzes         Jan-Nov 2017          17 1.199 218 2.896 683
                                  Jan-Nov 2018          22 953 207 2.881 527
Poá                             Jan-Nov 2017          8 958 317 878 329
                                   Jan-Nov 2018           7 748 275 931 237
Suzano                       Jan-Nov 2017         33 2.199 632 2.254 842
                                  Jan-Nov 2018         21 1.705 637 2.182 835
Total                          Jan-Nov 2017          107 7.652 2.526 8.728 2.686
Total                          Jan-Nov 2018            94 7.189 2.343 9.024 2.504
Variação                                                    -12% -6% -7% 3% -6%
Fonte: SSP
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos