Brasil e mundo
Publicada em 02/01/2019 - 23h26min

Direitos Humanos

Damares irá trabalhar com princípio Cristãos

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Ministra disse que o Estado é laico mas ela é cristã
As citações religiosas que têm marcado a maior parte dos discursos de posse do ministério montado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) ganharam força ainda maior no discurso de posse da ministra das Mulheres e Direitos Humanos, Damares Alves. A ministra declarou que vai governar com "princípios cristãos", sempre priorizando a família "O Estado é laico, mas essa ministra é terrivelmente cristã", disse Damares. "Acredito nos desígnio de Deus e propósitos de Deus."
A ministra também disse que vai lutar contra a "doutrinação ideológica", apesar de não ter detalhado o que esta seria. "Vamos acabar com o abuso da doutrinação ideológica de crianças e adolescentes no Brasil. A revolução está apenas começando."
Ao anunciar o secretariado, Damares disse que toda pasta vai aprender a linguagem de Libras em seis meses e que o ministério será marcado pela inclusão social. Sobre informações de que a área de questões ligadas à comunidade LGBT seria reduzida, Damares negou. "A comunidade LGBT continua com a estrutura que tinha. Vamos lutar pelo combate a todos os tipos de preconceitos e violência nessa nação, inclusive LGBTI", disse.
Damares reafirmou que o governo vai focar políticas públicas "que priorizem a vida desde a concepção", ou seja, desde a fecundação do óvulo, deixando clara a sua posição contra o aborto. "No que depender do governo, sangue inocente não será derramado. Esse é o ministério da vida", afirmou. (E.C.)
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos