Esportes
Publicada em 08/01/2019 - 00h41min

NBB

Mogi/Helbor abre returno com vitória

O Mogi das Cruzes/Helbor venceu o São José na noite de ontem, no Ginásio Hugo Ramos, por 88 a 82. A partida foi de oscilações no placar, mas garantiu a primeira vitória mogiana do ano e a volta da equipe para o G4 do Novo Basquete Brasil (NBB)/Caixa

Foto: Antonio Penedo/Mogi-Helbor

Mogi/Helbor venceu o São José por 88 a 82 em casa
O Mogi das Cruzes/Helbor venceu o São José na noite de ontem, no Ginásio Hugo Ramos, por 88 a 82. A partida foi de oscilações no placar, mas garantiu a primeira vitória mogiana do ano e a volta da equipe para o G4 do Novo Basquete Brasil (NBB)/Caixa.
Gui Deodato foi o grande nome do jogo, com 22 pontos. Na sequência, também se destacaram JP Batista, com 18 pontos e oito rebotes, Shamell Stallworth, com 16 pontos, e Luís Gruber, também com 16 pontos, nove rebotes e cinco tocos.
Com a ausência de Guilherme Filipin, que teve uma crise renal, e Fabricio Russo, que cumpre uma suspensão provisória, o técnico Jorge Guerra, o Guerrinha, enfatizou que a rotação dos atletas está prejudicada, mas mesmo assim o grupo conquistou uma vitória importante.
"O time conseguiu uma boa vitória e estamos entre os quatro, com todas as dificuldades que temos. Hoje, o São José é melhor do que nós. No primeiro tempo, foram 16 pontos de contra-ataque deles e somente cinco nosso. No segundo tempo, melhoramos, tivemos o controle do jogo. Poderia ser melhor. Mas não existe derrota bonita e vitória feia. A vitória é a melhor psicóloga que tem no esporte", avaliou.
"A gente conseguiu construir uma vitória, segurar o jogo. Eles têm uma equipe de qualidade, acertaram umas bolas no final, mas a gente soube ter o controle emocional e vencer a partida. O importante foi a vitória", comentou Luís Gruber.
"Soubemos manter o foco, principalmente no momento em que a gente oscilou. A gente ainda está oscilando um pouco durante a partida e esse é um ponto a ser melhorado. Mas a concentração foi o nosso ponto positivo para a vitória hoje. Começamos o ano com o pé direito e essa torcida nos apoiando é bom demais", comemorou Gui Deodato, autor de uma cesta do meio da rua no estouro do terceiro quarto.
Nos placares parciais, 19 a 20 no primeiro período, 23 a 22 no segundo, 22 a 18 no terceiro quarto e 24 a 22 no último.
As próximas partidas pelo NBB estão marcadas para os dias 10 (Joiville), 15 (Brasília) e 17 (Cearense), todas fora de casa, e depois acontece uma sequência de quatro jogos em casa: contra Minas (21), Flamengo (26), Vasco (13/2) e Paulistano (15/2). O Mogi das Cruzes/Helbor também participa da Liga das Américas, entre os dias 1º e 3 de fevereiro, no Chile.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos