Cidades
Publicada em 11/02/2019 - 22h34min

732 vagas

Cursos gratuitos começam a ser oferecidos em Itaquá

'Casa Aberta' e Fundo Social de Solidariedade do município iniciaram ontem as aulas profissionalizantes

Foto: AIPMI/Divulgação

Atualmente, são disponibilizadas aulas nas áreas de Estética, Artesanato, Panificação e Corte e Costura 
Os cursos profissionalizantes gratuitos oferecidos pelo Fundo Social de Solidariedade e pela "Casa Aberta" de Itaquaquecetuba tiveram início ontem. As 732 vagas são direcionadas para a geração de emprego e renda para os moradores da cidade. Atualmente, são disponibilizadas aulas na área de Estética, Artesanato, Panificação e Corte e Costura. 
O dia começou com a sala de aula lotada na Casa Aberta, onde são oferecidas a maior parte das vagas: 565. Na abertura do curso, os alunos conhecem o conteúdo programático e as perspectivas da profissão. De acordo com o agente administrativo, Claudio Silva, o perfil dos alunos é de pessoas que já atuam na área, mas que buscam aprimoramento e certificação para conseguir trabalhar de maneira autônoma. A professora de cabeleireiro, Natália Kaspeer, destaca que o estudante sai do curso já apto ao mercado. "A gente ensina com 100% de prática. O aluno também é encaminhado a tirar a sua carteirinha e ter acesso aos produtos profissionais e descontos de grandes lojas de produtos de beleza", afirma.
O novo pólo do Fundo Social de Solidariedade no Itaquá Garden Shopping também está a todo vapor. Pela manhã, a turma de Corte e Costura também teve sua primeira atividade. Segundo o secretário adjunto de Desenvolvimento Social, Benny Iwao Tsugiyama, a expectativa desta nova parceria é beneficiar mais pessoas. "É um desafio muito grande e a gente espera agregar atendendo a comunidade mais carente. Esses são cursos profissionalizantes que têm grande procura. Nosso papel é dar uma nova oportunidade de emprego e qualificação", ressaltou. O Fundo Social possui ainda outros locais de aulas como a própria sede (rua Evangelho Quadrangular,274, Vila Virgínia) e o Bazar Solidário (praça Padre João Álvares, 25, centro). Ao todo, serão profissionalizadas 167 pessoas.
Mais informações sobre os cursos no 4732-3643 (Fundo Social) e 4647-5165 (Casa Aberta).
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos