Cidades
Publicada em 09/03/2019 - 20h58min

Lílian Pereira
Itaquá

Jovens da Fundação Casa são classificados em Prouni e Sisu

Três internos, dois deles liberados, vão ingressar no curso universitário e construir uma nova história às suas vidas

Foto: Felipe Claro

Os jovens desinternados vão estudar livremente, já o que ainda recebe atenção da fundação frequentará o curso acompanhado de um paisana
A oportunidade de ingressar em um curso superior é considerada um marco na vida de qualquer pessoa, o que não foi diferente para três jovens da Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (Casa) das unidades localizadas em Itaquaquecetuba. Por ser uma instituição vinculada à Secretaria de Estado da Justiça e da Defesa da Cidadania, a Fundação tem como principal objetivo aplicar medidas socioeducativas conforme diretrizes e normas prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e no Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase).
Na Casa Itaquá, dois jovens de 18 anos foram aprovados por programas sociais, um pelo Programa Universidade Para Todos (Prouni) e outro pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Para concorrer a uma vaga por meio dos programas, é preciso que o estudante tenha realizado a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). De acordo com a Fundação Casa, o jovem aprovado pelo Prouni foi desinternado, mas estava aguardando a segunda chamada para duas opções de curso: Engenharia Elétrica (bacharelado) e Tecnólogo em Mecatrônica Industrial, que seriam cursados no Centro Universitário Eniac, em Guarulhos. O mesmo jovem também conseguiu ser classificado no Sisu para as duas opções de curso escolhidas. No Enem, por exemplo, ele obteve 600 pontos na redação.
Já o outro interno, de 18 anos, ainda está no centro e aguarda a segunda chamada para os cursos de Engenharia Elétrica ou Análise e Desenvolvimento de Sistemas, opções escolhidas durante a inscrição no Sisu. Caso ele seja selecionado para um dos cursos, "o centro providenciará o transporte dele para as aulas", informou a Fundação Casa. No entanto, no local, um servidor à paisana o acompanhará durante o curso e o levará de volta para o centro.
Em outra unidade do município, a Casa Terra Nova, um jovem, que também já foi desinternado, conseguiu uma bolsa parcial na Universidade Nove de Julho (Uninove) no curso de Engenharia Mecânica, no entanto, não foi por meio do Prouni ou Sisu.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos