Autonews
Publicada em 06/04/2019 - 18h31min

Inovação

Conceito para fugir do trânsito nas cidades

Avenida parada, horário de pico. Motoristas cansados disputam a tapa quem consegue avançar antes de o semáforo fechar. Entre eles, um felizardo desfila em silêncio, semblante tranquilo e olhar radiante, atravessando como um raio aquele mar de tensão. A cena vem se tornando comum nas grandes cidades, onde os veículos elétricos em duas rodas - patinetes, bicicletas e scooters - viraram sensação. Pioneira de formação, a MINI se antecipa à tendência e apresenta um conceito inovador para a mobilidade individual: a MINI Citysurfer, um patinete elétrico que com design marcante.
Compacto, dobrável e pesando só 18 quilos, é ideal para percorrer pequenas distâncias sozinha ou até mesmo em combinação com outros modais, uma vez que pode ser carregada no transporte público ou armazenada no porta-malas. Para acelerar, basta dar um pequeno impulso com os pés e apertar um botão no guidão. A frenagem é feita por uma alavanca de freio no guidão. Com autonomia entre 15 e 25 quilômetros, o modelo tem motor elétrico alimentado por baterias de ion-lítio, as quais podem ser recarregadas na fonte de 12 volts do carro, na tomada de casa e até mesmo nas frenagens, por meio de regeneração da energia do freio. A velocidade máxima é de 25 quilômetros por hora.
Em termos de ergonomia e segurança, o MINI Citysurfer brilha os olhos até dos mais puristas: guidão ajustável em altura, três sistemas de freio independente, excelente estabilidade, rodas grandes e pneus robustos. No painel central, há um compartimento para fixação do smartphone, onde o condutor poderá baixar o aplicativo MINI Connected XL Journey Mate e usar todas as funções do sistema para auxiliar a sua viagem, como navegação por satélite, informações do trânsito e condições climáticas no destino, entre outros. Apesar de toda a inovação, o conceito MINI Citysurfer não tem previsão de comercialização. 
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos