POP TV
Publicada em 04/05/2019 - 21h20min

Estadão Conteúdo
"Malhação - Toda Forma de Amar"

Paloma Duarte vive mãe adotiva

Após 15 anos, atriz volta à TV Globo, onde iniciou sua carreira, e aceitou o desafio de integrar a nova temporada da trama juvenil

Foto: Divulgação

Paloma interpreta Lígia, que, ao lado do marido, Joaquim (Joaquim Lopes), está no centro do drama familiar da história; eles, que já são pais de um filho adulto, decidem adotar uma bebê, Nina, e a cercam de amor
Após 15 anos afastada da Globo, Paloma Duarte está de volta à casa onde iniciou sua trajetória como atriz. Hoje com 41 anos de idade, ela soma três décadas de carreira. Filha da também atriz Débora Duarte, Paloma tinha feito sua última participação em uma novela da emissora em "Começar de Novo", de 2004. Depois, passou a fazer parte do time de atores da RecordTV, onde trabalhou por dez anos, em novelas como "Cidadão Brasileiro", "Poder Paralelo" e "Pecado Mortal". A atriz se desligou do canal em 2015. Estrelou também as séries "Se Eu Fosse Você", entre 2013 e 2015, na Fox, e "Eu, Ela e um Milhão de Seguidores", em 2017, no Multishow.
Paloma estava longe das novelas havia alguns anos, quando recebeu convite do diretor artístico Adriano Melo para fazer "Malhação: Toda Forma de Amar", escrita por Emanuel Jacobina. "Ele me ligou e disse: Bora falar de amor?! Achei incrível, ainda mais neste momento em que a sociedade anda tão intolerante É muito bom poder falar de amor e suas amplas formas de existência", diz a atriz, à reportagem. E como é retornar à Globo depois de tanto tempo? "Normal. É gostoso rever amigos, fazer outros... É como se eu nunca tivesse saído, porque, afinal, trabalhei por muitos anos na empresa antes." Do período em que ficou na Record TV, diz ter colecionado personagens inesquecíveis. "E tive um encontro muito especial também com Lauro C. Muniz, que virou um grande amigo."
Em "Malhação: Toda Forma de Amar", nova temporada da produção, Paloma interpreta Lígia, que, ao lado do marido, Joaquim (Joaquim Lopes), está no centro do drama familiar da história. Os dois, que já são pais de um filho adulto, Filipe (Pedro Novaes, filho de Letícia Spiller e Marcello Novaes), decidem adotar uma bebê, Nina, e a cercam de amor.
Na outra ponta dessa trama está a mãe biológica da criança, a adolescente Rita (Alanis Guillen), que descobre na missa de sétimo dia da morte do pai que ele havia sequestrado sua filha -
que ela acreditava ter morrido após o parto - e levado a bebê para o Rio. Rita, então, parte em busca da filha e fará de tudo para recuperá-la.
A criança acabará por unir o destino dessas duas mães, Lígia e Rita. Para viver Lígia, Paloma conta que passou por uma preparação intensa. "Tivemos semanas de ensaios, palestras também com pais adotivos e uma psicóloga. Essa personagem traz um tema muito forte e delicado", diz.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos