Cidades
Publicada em 13/08/2019 - 23h55min

Felipe Antonelli*
Zona de risco

Pais manifestam preocupação com a segurança na Vila Natal

Responsáveis foram pedir apoio à câmara para acabar com onda de roubos nas imediações da unidade do Sesi

Foto: Diego Barbieri/CMMC

Edson Santos foi à tribuna para prestar solidariedade aos pais dos estudantes
Preocupados com a segurança de seus filhos, os pais dos estudantes da nova unidade do Serviço Social da Indústria (Sesi), na Vila Natal, decidiram solicitar apoio dos parlamentares da cidade para buscar soluções a fim de eliminar o risco de roubos na região.
Segundo o vereador Edson Santos (PSD), um grupo de mães e pais o procurou - assim como fizeram com outros parlamentares - para que ele os ajudasse de alguma forma, já que seus filhos, enquanto aguardam o transporte coletivo ou caminham em direção da unidade recém-inaugurada do Sesi, têm sido alvos de grupos de ladrões, que vêm praticando roubos a celulares e outros pertences.
"As mães ficaram felizes pela vinda do Sesi à região, mas estão preocupadas porque pessoas estranhas estão abordando seus filhos nos pontos de ônibus e a caminho da escola. Está muito clara a preocupação dos pais com a segurança dos filhos", completou o parlamentar em sua fala no plenário durante sessão ordinária de ontem na Câmara de Vereadores.
Boletins de Ocorrência (BOs) foram feitos pelos pais com o intuito de formalizar os acontecimentos recentes com seus filhos. Como medida, o parlamentar solicitou à Polícia Militar e à Guarda Municipal de Mogi um reforço na segurança da região do Sesi na Vila Natal.
Ainda durante a sessão, o vereador destacou que já havia cobrado providências para resolver o problema do tráfico de entorpecentes na região da Vila Natal em uma reunião realizada no final de junho na Câmara Municipal com representantes das pastas de Segurança, Assistência Social, Educação, Saúde e o Conselho Municipal de Políticas Sobre Drogas.
A situação foi endossada pelo vereador Rodrigo Valverde (PT), que ressaltou que o clima na região, especialmente para os alunos da unidade, é de insegurança, e que este sentimento é refletido pelas mães.
Isenção de tarifa
Foi aprovado ontem, ainda na sessão ordinária realizada no plenário José Beraldo de Miranda, em Mogi, um projeto de lei que assegura aos profissionais da Guarda Civil Municipal (GCM) o direito de isenção do pagamento da tarifa no uso do transporte coletivo de passageiros na cidade. Para que se torne norma no município, o projeto deve receber ainda aprovação do chefe do Executivo, Marcus Melo (PSDB).
* Texto supervisionado pelo editor.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos