Esportes
Publicada em 20/08/2019 - 23h38min

Vela

Scheidt sobe para oitavo em evento-teste para Tóquio-2020

Após problemas nos dois últimos dias, quando recebeu penalidades e chegou até a ser retirado de uma das regatas, o brasileiro Robert Scheidt velejou de forma consistente e ficou perto de conquistar uma vaga na "medal race" (regata da medalha) da Read Steady Tokyo, o evento-teste para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020.
Ontem, em Enoshima, no Japão, o bicampeão olímpico ficou entre os Top 10 e cruzou a linha de chegada na 5.ª e 7.ª colocações e, com isso, subiu para o oitavo lugar na classificação geral, com 68 pontos perdidos.
Para garantir o direito de disputar a regata final, Scheidt precisa manter a regularidade nas duas últimas provas da fase de classificação, marcadas para hoje. "Após duas penalidades e ser obrigado a me retirar anteontem, consegui reagir e fazer duas boas regatas e subi na tabela geral. Hoje teremos um dia importante, mas a velocidade do barco está boa. Todo mundo já teve pelo menos uma regata ruim aqui no Japão, com altos e baixos, e vou dar o meu melhor para seguir velejando com regularidade", explicou.
Penalizado
Quando fala em altos e baixos, Scheidt cita os seguidos problemas que viveu em Enoshima. No domingo, levou uma bandeira amarela pela regra 42, na qual os juízes entendem que o velejador usou o movimento do corpo para aumentar a velocidade do barco, em ação conhecida por bombear.
No dia seguinte, voltou a ser penalizado pelo mesmo motivo e foi obrigado a se retirar da última de três regatas.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos