Autonews
Publicada em 14/09/2019 - 16h22min

VOLKSWAGEN

Fox 2018 garante estabilidade e boa performance na estrada

Com consumo de combustível equilibrado, modelo consegue boa aceleração e tem bom desempenho nas pistas

O Fox 2018 dispõe de três propulsores, sendo o primeiro o EA211 1.0 12V MPI. Ele faz parte da geração atual de motores compactos da Volkswagen e possui sistema de partida E-Flex, que utiliza pré-aquecimento na partida a frio. Com três cilindros e cabeçote com 12 válvulas com comandos duplos variáveis, o propulsor é feito todo em alumínio e vem ainda com sistema de refrigeração independente para bloco e cabeçote. O 1.0 MPI entrega 75cv a 6.250rpm e 9,7kgfm a 3.000rpm, obtidos com gasolina. No etanol, são 82cv a 6.250rpm e 10,4kgfm a apenas 3.000rpm.
Pertencente à geração anterior, a EA111, que em breve deve deixar o lineup da Volkswagen no Brasil, o motor 1.6 MSI do Fox 2018 tem quatro cilindros e cabeçote com oito válvulas sem comando variável. O motor é feito todo em alumínio e também possui sistema de partida E-Flex, que utiliza pré-aquecimento na partida a frio. Com bom torque em baixa, o 1.6 MSI entrega 101cv com gasolina e 104cv com etanol, ambos a 5.250rpm. Já os torques são de 15,4 e 15,6kgfm, respectivamente com gasolina e etanol, ambos a apenas 2.500rpm.
Além disso, vem ainda com o mais moderno EA211 1.6 16V MSI, que tem duplo comando de válvulas no cabeçote e construção toda em alumínio. Esse propulsor apresenta potência e torque superiores, mas em rotações mais altas que o vetusto EA111 1.6 8V MSI, descrito acima. Com isso, ele entrega 110cv com gasolina e 120cv com etanol, ambos a 5.750rpm. Já os torques são de 15,8 e 16,8kgfm, respectivamente com gasolina e etanol, ambos a 4.000rpm.
O Fox 2018 conta ainda com a famosa transmissão manual MQ-200 de cinco ou seis marchas, além da AQ-200 automatizada ASG, nas versões I-Motion, mas somente com cinco marchas, servindo tanto ao EA111 1.6 quanto ao EA211 1.6.
O Fox 2018 apresenta uma boa performance em todas as suas configurações, exceto as automatizadas. Com motor 1.0, o compacto da Volkswagen obtém uma boa resposta, com força razoável em baixa rotação, garantindo assim saídas mais promissoras no meio urbano, reduzindo também a necessidade de usar mais marchas durante a condução.
Nas subidas, dá conta do recado com o carro vazio, mas carregado é necessária paciência. O modelo se comporta bem com esse propulsor, que tem certo fôlego na estrada, girando em torno de 3.500rpm. Na cidade, dá para manter 2.000rpm sem prejuízo ao desempenho. Além disso, é frugal, especialmente na gasolina, onde faz 12,3km/l na cidade, enquanto na estrada entrega 13,5km/l. Com etanol, os números caem muito: 8,6km/l e 9,3km/l, respectivamente cidade e estrada.
No caso do 1.6 MSI com 8V, o Fox 2018 tem resposta bem melhor, visto que o bom torque é oferecido em rotação muito baixa: 2.500rpm. Isso é o mesmo que os velhos e bons motores 2.0 de alguns anos atrás. Com 15,4 e 15,6kgfm, respectivamente com gasolina e etanol, o propulsor garante boas saídas e retomadas, além de ultrapassagens bem seguras. A performance tanto na cidade quanto na estrada é agradável.
Mesmo sendo um motor antigo, ele reage bem ao pedido do acelerador e demanda poucas mudanças de marcha, garantindo um nível de consumo adequado. Na cidade, o Fox 1.6 MSI 2018 faz 7,4km/l com álcool e 10,4km/l com gasolina, enquanto na estrada oferece 8,2km/l com álcool e 11,8km/l com gasolina. Mesmo não sendo o mais eficiente entre os três, dá ao consumidor o que ele quer, que é uma condução com respostas mais fortes em baixa rotação, ideal para o dia a dia urbano.
O suprassumo do Fox 2018 é o motor 1.6 MSI com 16V. Mesmo com torques de 15,8 e 16,8kgfm, respectivamente com gasolina e etanol, ambos a 4.000rpm, o propulsor tem boa resposta em baixa, mas não tão agradável quanto a do EA111 1.6 MSI de 8V. Feito para funcionar em regimes mais elevados, esse motor é mais adequado para quem pega mais estrada ou dirige de forma esportiva. Nesses casos, o EA211 1.6 funciona muito bem, garantindo com suas seis marchas um giro adequado em cruzeiro e boas saídas.
Nas versões automatizadas, tanto do 1.6 8V quanto do 1.6 16V, o sistema ASG da versão I-Motion corta muito da linha do Fox 2018, deixando a desejar na sensação ao dirigir. Fora isso, o Fox 2018 é considerado um carro bem estável e conta com direção elétrica bem progressiva e leve, assim como freios adequados.
  • Carro conta com a já conhecida transmissão manual MQ-200
  • Veículo é considerado estável e garante leveza em sua direção

Desempenho



Aceleração de 0 a 100 km/h e velocidade máxima final
•Motor 1.0 12V – 14,4 segundos e 159 km/h
•Motor 1.6 8V – 10,6 segundos e 183 km/h
•Motor 1.6 8V I-Motion – 11,1 segundos e 183 km/h
•Motor 1.6 16V – 9,8 segundos e 189 km/h
•Motor 1.6 16V I-Motion – 10,3 segundos e 189 km/h
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos