Brasil e mundo
Publicada em 06/09/2019 - 23h28min

Nicolas Takada
Júri popular

Rapaz é condenado por matar namorada em Jundiapeba

A Justiça condenou ontem a 18 anos de prisão Saael Rocha, de 25 anos, pelo assassinato da companheira Jaqueline Aparecida Lopes, de 19 anos, em Jundiapeba, em maio do ano passado
O júri ocorreu no Fórum Criminal de Mogi, em Brás Cubas e levou mais de 7 horas para ser finalizado. Ao todo, foram ouvidas quatro suspeitos que devem colaboraram nas decisões do júri popular; a mãe da vítima, uma amiga da vítima e duas amigas do acusado.
O caso aconteceu em maio do ano passado. Na ocasião, Rocha e Jaqueline tiveram uma briga na Avenida Peru, no distrito de Jundiapeba, em Mogi das Cruzes, quando o condenado agrediu a moça com uma cotovelada. Ela caiu no chão desacordada. Jaqueline foi socorrida pelos vizinhos até a Unidade Básica de Saúde de Jundiapeba, porém os médicos constaram que ela tinha morrido. Rocha se entregou à polícia depois dez dias após o crime.
Segundo uma das testemunhas, Elen Barroso Lima, 18, o casal passava por um relacionamento conturbado.
*Texto supervisionado pelo editor
Compartilhe

Video

Mais vistos