Cidades
Publicada em 27/09/2019 - 23h25min

Lilian Pereira
Região

Embaixador do Quênia busca criar parcerias com Alto Tietê

Em encontro realizado ontem na Prefeitura de Mogi das Cruzes, queniano pediu apoio ao desenvolvimento do país

Foto: Felipe Claro

Para Isaac Oshink, qualidade de vida do Quênia precisa melhorar até ano de 2030
Em menos de um mês, o Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) recebeu mais um representante do continente africano. Desta vez, quem visitou a região foi o embaixador do Quênia, Isaac Oshink. No final de agosto, o grupo recebeu a visita do vice-rei da cidade de Iworo no Ogun, na Nigéria, Otunba Adekunle Aderonmu e do cônsul do Egito em São Paulo, Mohamed Elktatib. O encontro, ocorrido ontem, tratou principalmente do potencial do Quênia e de uma possível parceria do país com o Alto Tietê em relações comerciais e culturais.
Uma das reivindicações que Oshink deve apresentar ao Condemat, por meio da parceria, é sobre a construção de unidades habitacionais de baixo custo no Quênia. Para ele, o modelo habitacional no Estado de São Paulo é exemplo de municípios desenvolvidos. "Até 2030 a população do Quênia precisa ter uma condição de vida diferenciada para melhor, e para isso precisamos de um modelo que é desenvolvido em São Paulo, um local que cresce e desenvolve. Queremos aprender isso com os brasileiros", disse o embaixador.
A possibilidade de empresários do Alto Tietê auxiliarem nas construções de empreendimentos habitacionais de baixo custo no Quênia é um dos pontos solicitados no projeto apresentado pelo embaixador queniano. O prefeito de Mogi, Marcus Melo (PSDB), informou à Imprensa que irá conversar com empresários para entender se há interesse nas construções no Quênia. "O embaixador trouxe algumas oportunidades que o Quênia possui de investimento e eles precisam de empresas que possam construir unidades habitacionais de baixo custo. Vamos conversar com empresários da região que possam ajudar o país", revelou.
O interesse do Quênia em firmar parceria com o Condemat se deve pelo fato de que o grupo é formado pelas principais cidades da Região Metropolitana de São Paulo, que podem dar suporte e auxiliar não só na questão da habitação, mas de produções no geral. "Temos um déficit de açúcar, por exemplo, e precisamos importar, isso é algo que podemos fazer em cooperação com o Brasil. Outro ponto é a área agrícola, para aprender como que vocês conseguem desenvolver tão bem", afirmou Oshink.
O Condemat já conta com parcerias em outros países, como a China, por exemplo, mas tem o objetivo de expandir as ações para o continente africano. O presidente do grupo e prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PL), destacou que é uma oportunidade positiva para ambos os países. "Já temos relação com a Ásia e agora de forma pioneira estamos criando essa relação com a África. Lá tem grandes centros comerciais e não devemos ficar só na Ásia, Estados Unidos ou Rússia", disse. Não foi relevado data de quando a possível parceria será firmada, no entanto, o embaixador destacou que assim que todos os envolvidos estiverem preparados darão início ao processo de criação de laços.
 

Santa Branca integra consórcio regional

A integração do município de Santa Branca ao Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), oficializada na manhã de ontem durante evento na Prefeitura de Mogi das Cruzes, abre a possibilidade de a cidade conquistar fortalecimento político

A integração do município de Santa Branca ao Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), oficializada na manhã de ontem durante evento na Prefeitura de Mogi das Cruzes, abre a possibilidade de a cidade conquistar fortalecimento político. O prefeito de Santa Branca, Celso Simão (PSDB), afirmou que a estrutura financeira do Condemat é um ponto positivo para o desenvolvimento local.
Santa Branca, além de fazer parte do Condemat, também está inclusa no Consórcio de Desenvolvimento Integrado do Vale do Paraíba (Codivap), juntamente com outras 43 cidades, inclusive, Mogi das e Guararema. "Santa Branca é um município com pouco mais de 15 mil habitantes e temos muito a contribuir com a região e com o Condemat. A estrutura do grupo é muito forte e creio que vai ajudar muito Santa Branca a desenvolver", disse o tucano.
Para o prefeito de Mogi, Marcus Melo (PSDB), o objetivo do Condemat está sendo cumprido com mais uma parceria. "Trabalhamos para cumprir nossos objetivos dentro do Condemat, muitas pessoas vivem em uma cidade e trabalham em outra e precisamos dessas parcerias para fortalecer os municípios e dar mais oportunidades para a sociedade", destacou. Já o presidente do Condemat, o prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PL), destacou que a parceria gera confiança para tratar de assuntos importantes. "É uma questão dos municípios estarem juntos, não trabalhando separados. Com certeza essa parceria com Santa Branca será benéfica e consequentemente, as ações vão acontecendo de forma positiva", concluiu. (L.P.)
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos