Cidades
Publicada em 08/10/2019 - 21h30min

Saída do Semae

Sabesp deverá abastecer Taboão e Chácara Guanabara

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) poderá ser a responsável pelo saneamento básico dos bairros do Taboão e Chácara Guanabara

Foto: Mariana Acioli

Sabesp tem interesse em administrar o Taboão
A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) poderá ser a responsável pelo saneamento básico dos bairros do Taboão e Chácara Guanabara. Isso porque, de acordo com o vereador José Francimário Vieira de Macedo (PL), o Farofa, ontem durante em sessão ordinária o Executivo protocolou um documento na Sabesp que trata sobre uma possível cessão das áreas para a companhia.
De acordo com o parlamentar, a diretoria da Sabesp virá a Mogi para discutir a questão. Já no início do ano que vem, obras de saneamento básico serão realizadas pela autarquia no Jardim Margarida. A licitação para os serviços deve acontecer até final deste ano. "A Sabesp demonstrou interesse, por isso, vamos tratar esse assunto e os moradores dessas áreas são favoráveis à mudança. Precisamos trabalhar em conjunto, mostrando força e vamos criar uma comissão para discutir como essas mudanças são importantes para as famílias do Taboão e da Chácara Guanabara", disse Farofa.
Semae
Durante a sessão da câmara de ontem, os vereadores aprovaram o Projeto de Lei 153/2019 de autoria do prefeito Marcus Melo (PSDB), que determina multa de 2% para atraso em pagamentos de cobranças pelo Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae). Anteriormente, a multa era de 10% e foi alterada para seguir o Código de Defesa do Consumidor, que determina que a multa deve ser de no máximo, 2%. "É uma adequação já vigente e o Semae não estava adequado, então, para seguir o Código de Defesa do Consumidor, tivemos que fazer essa mudança", explicou o vereador Mauro Araújo (MDB). (L.P.)
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos