Cidades
Publicada em 23/10/2019 - 13h47min

foco

Mogi Basquete retorna aos treinos com a cabeça no NBB

Time estreia do Novo Basquete Brasil contra a equipe do Paulistano, no dia 17, às 20 horas, em São Paulo

Foto: Antonio Penedo

Equipe mogiana retornou ao treinamento nesta terça-feira e já está focada nos ajustes ofensivos e defensivos
Após a excelente campanha no Campeonato Paulista, fechando na terceira colocação, o Mogi Basquete retomou os treinos nesta semana, no Ginásio Hugo Ramos com o foco na estreia do NBB Caixa (Novo Basquete Brasil) contra o Paulistano, no dia 17, às 20 horas, em São Paulo.
O grupo realizou as atividades sem as presenças do armador Alexey Borges, que se recupera bem de uma pequena lesão no adutor da coxa esquerda, e do ala-pivô Alexandre Paranhos, com dores na coxa direita e poupado pela comissão técnica dos trabalhos. Convocado para a seleção militar que disputará o Mundial na China, Paranhos desfalcará a equipe neste início de NBB.
O técnico Guerrinha vai aproveitar os dez dias que têm até a estreia para fazer ajustes ofensivos e defensivos na equipe. "Nós vamos fazer uma mini pré-temporada, sempre com dois treinos por dia, mudando algumas coisinhas ofensiva e alguns sistemas de defesa que a gente quer colocar. É treinar para não perder o ritmo de competição e dar um ritmo bom para o NBB, que é um patamar acima, principalmente pela sequência de jogos difíceis que teremos fora neste início. Se a gente conseguir ter um bom início de campeonato, mesmo jogando fora e contra adversários paulistas, teremos um futuro bom para finalizar a temporada", adverte o treinador.
Julgado
Após um ano suspenso por dopping por usar medicamento para asma, o ala-pivô Fabricio Russo teve, enfim, o julgamento marcado pelo TJDAD (Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem) para o próximo dia 17, em Brasília. A audiência está marcada para começar às 8h30, mas também julgará outros atletas e pode ocorrer até o final do dia. Apesar de ter o seu contrato com o Mogi encerrado no final de maio deste ano, Fabricio Russo vem recebendo apoio total da diretoria e do jurídico. O ala-pivô tem crises de asma e tomou remédio para tratar da doença respiratória.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos