Opinião
Publicada em 26/10/2019 - 23h23min

Mauro Jordão

Mundo em fuga

O mundo em fuga está querendo deixar para trás a realidade que nos assusta. Há uma ansiedade no ar, que está contaminando crianças, jovens e adultos, gerada pelas más notícias da mídia falada e escrita. Todos têm pressa de cumprir metas que prometem bem-estar e segurança. Em vez de nos abraçarmos com afeição estamos nos acotovelando em busca da ambicionada realização profissional ou mesmo de modo ansioso granjear o pão de cada dia.
No Brasil, 72% das pessoas sofrem com estresse no trabalho e 32% têm "burnout", síndrome caracterizada por sensação de não dar conta de tarefas, indiferença ao trabalho e baixa satisfação profissional. Em nosso país, as universidades particulares frustram os jovens de frequentar os seus cursos, devido mensalidades proibitivas para sua condição financeira, abrindo as portas apenas para os filhos das famílias abastadas. Os vestibulares das universidades do governo são tão concorridos que poucos são aprovados diante das vagas existentes.
Decepcionados com um futuro perdido devido a enorme desigualdade sociocultural mais a violência urbana, muitos deixam o mundo real para se esconder no mundo virtual da internet, e um em cada quatro usuários adquirem a dependência tecnológica. O viciado digital tem necessidade de aumentar o tempo conectado para manter a satisfação, ignorando o relacionamento familiar e social, e postergando suas obrigações.
Astrônomos ligados com a ciência e a tecnologia prometem lançar até 2026 o satélite Plato, para rastrear o Universo em busca de outro sistema solar igual ao nosso, onde haja seres vivos semelhantes a nós, o que não acredito.
Mesmo se houvesse, jamais conseguiríamos sair do nosso sistema solar para tocá-los. Mais fácil é arregaçarmos as mangas e salvar nosso planeta, feito por Deus na medida das nossas necessidades, e praticar o que Jesus ordenou: "Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo".
De início, esse é o ideal suficiente na busca de recuperar nosso paraíso perdido.
Compartilhe

Video

Mais vistos