Cidades
Publicada em 02/12/2019 - 19h18min

Prevenção

Carreta da Mamografia inicia atendimento hoje em Mogi

Exames serão destinados para atendimento exclusivo de mulheres que já aguardam pelo procedimento

Foto: Divulgação

Carreta no Largo do Rosário não terá atendimento para demanda espontânea
A Carreta da Mamografia do Programa Estadual "Mulheres de Peito" já está em Mogi das Cruzes e inicia o atendimento da população na manhã de hoje. A novidade é o primeiro resultado da reunião do prefeito Marcus Melo com o secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann Ferreira, realizada no último dia 19, para solicitar aumento no número de vagas para consultas e exames de especialidades na cidade.
Os exames de mamografia serão destinados para atendimento exclusivo de mulheres que já aguardam pelo procedimento. "Ficamos muito satisfeitos com o rápido retorno do Governo do Estado para uma das demandas apresentadas na semana passada", afirmou o prefeito, que recebeu o retorno durante visita à Brasília. Na oportunidade, o chefe do Executivo esteve também no Ministério da Saúde em busca de novas parcerias para Mogi.
A Carreta da Mamografia foi montada no Largo do Rosário e os atendimentos começam hoje, prosseguindo até o dia 21 de dezembro com um total de 775 exames disponibilizados. De segunda a sexta-feira, os procedimento serão feitos das 9 às 18 horas, sendo convocadas 50 pacientes por dia. Aos sábados, o horário será das 9 às 13 horas, com 25 pacientes.
As convocações estão sendo feitas pela Secretaria Municipal de Saúde com base nas solicitações já existentes e as pacientes devem comparecer no dia e horário marcado com documento pessoal, cartão SUS e cartão SIS.
Para reduzir os prazos e esperas, a Secretaria Municipal de Saúde está promovendo vários mutirões. Desde o último dia 25, está em andamento um mutirão de exames na Unica de Jundiapeba com oferta de vagas para ultrassonografias de mama, ultrassonografias com doppler, mamografia, eletroencefalograma, eletrocardiograma e teste ergométrico.
O Hospital Municipal de Mogi das Cruzes também está promovendo mutirões para acelerar o atendimento com consultas de cardiologia, exames de ecocardiograma, endoscopia e colonoscopia. 
Em todos os casos, os procedimentos são destinados para pacientes que já aguardavam as convocações. Não há atendimento para demanda espontânea. "Quero pedir aos pacientes que não faltem às consultas e exames agendados. Quem não puder comparecer, deve informar à Secretaria de Saúde para que a vaga seja liberada para outra pessoa. Estamos realizando um grande trabalho e não podemos desperdiçar essas vagas", afirma o secretário municipal Francisco Bezerra. A Prefeitura de Mogi das Cruzes promove às segundas e quintas-feiras, das 8 às 10 horas, o Projeto Quitanda Social, no Mercado do Produtor, destinado a famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade social. A ação é resultado de uma parceria entre as Secretarias Municipais de Agricultura e Assistência Social, por meio do Programa Conduz, além do Fundo Social de Solidariedade.
O principal objetivo é disponibilizar frutas, verduras e legumes em desconformidade para o comércio, mas em boas condições para o consumo, para população em situação de rua, famílias e indivíduos com perfil do Plano Brasil Sem Miséria e pessoas inscritas no CadUnico. O trabalho de segurança alimentar e inclusão social está em andamento desde o final de fevereiro e atualmente conta com 163 pessoas cadastradas.
"O projeto nasceu de uma demanda apresentada pela Secretaria Municipal de Agricultura, que observou a procura por pessoas em situação de rua por alimentos diretamente na caçamba de descarte. Eles queriam disponibilizar esses alimentos de maneira digna, então surgiu o Projeto Quitanda Social", explica a coordenadora do Programa Conduz, Vera Suzart. O Programa Conduz trabalha para a superação de vulnerabilidades por meio da inserção no mercado de trabalho, fortalecimento de habilidades e o despertar do empreendedorismo e autonomia dos usuários
O atendimento começou com o cadastro do público-alvo pelas equipes de Abordagem e do Programa Conduz, mas rapidamente avançou. Os organizadores convidaram o grupo assistido para participar de ciclos de oficinas do Programa Conduz e, na sequência, foi firmada parceria como o Fundo Social para inserção em cursos da Escola de Empreendedorismo e Inovação. Foram disponibilizadas 25 vagas nos cursos de Gastronomia (4), Manicure e Pedicure (2), Maquiagem (5) e Corte e Costura (14). "O próximo passo será uma parceria com o Emprega Mogi e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social", explicou Vera.
As famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade social interessados em participar do Quitanda Social devem comparecer ao espaço do projeto no Mercado do Produtor às segundas e quintas-feiras, das 8 às 10 horas. O endereço é avenida Prefeito Carlos Ferreira Lopes, 550 - Mogilar.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos